Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Mortes nas estradas persistem e PRM apela à cautela na condução e ao atravessar as vias

Pelo menos 20 cidadãos morreram, 22 contraíram traumas graves, 31 ficaram ligeiramente feridas e houve danos materiais avultados, de 02 a 08 de Janeiro corrente, em diferentes estradas moçambicanas, devido a 35 acidentes de viação, um mal que continua sem freios, não obstante as campanhas de educação cívicas promovidas pelo Governo e os apelos semanais e ruidosos emitidos pelas autoridades da Lei e Ordem com vista à mudança da situação.

Inácio Dina, porta-voz do Comando-Geral da Polícia da República de Moçambique (PRM), disse que dos 35 sinistros rodoviários, 20 foram do tipo atropelamento carro-peão. “Há uma culpa compartilhada entre o peão e o automobilista”. Este, por um lado, não tem “destreza para evitar atropelar o peão” e, por outro, “o peão, em algum momento, não consegue usar mecanismos adequados para atravessar a via pública”.

Face a este cenário, “continuamos com um grande desafio de educação cívica” para que as pessoas que se fazem à rua – ao volante ou como transeuntes – observem as recomendações de trânsito e placas de sinalização colocadas em diferentes pontos. Os utentes da via pública devem sempre, de acordo com o agente da Lei e Ordem, ter em mente que na estrada existe perigo, mas que pode ser evitado pautando-se pela prudência.

No período em análise, a Polícia de Trânsito (PT) fiscalizou 46.221 viaturas, das quais apreendeu 62 por variadas irregularidades. Foram ainda impostas 6.222 multas e 88 indivíduos detidos por condução ilegal.

No geral, 3.062 pessoas foram detidas por prática de diversos crimes, entre elas 2.936 imigração ilegal, disse Inácio Dina, na habitual conferência de imprensa que visa dar a conhecer as ocorrências semanais atinentes à lei e ordem públicas no país.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!