Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Morreu actor Jorge Loredo, intérprete do “Zé Bonitinho”, aos 89 anos

O actor brasileiro Jorge Loredo, conhecido dos moçambicano pelo seu icônico personagem “Zé Bonitinho” da TV Record, morreu nesta quinta-feira, aos 89 anos. Loredo lutava há anos contra uma Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica grave e um Enfisema Pulmonar e, apesar de todos os esforços terapêuticos, não resistiu.

Jorge Loredo nasceu em 7 de maio de 1925. Ele passou toda a sua infância e juventude em Campo Grande, na Zona Oeste do Rio. A sua adolescência foi marcada por doenças graves. Aos 12 anos ele teve osteomelite na perna e sofria de fortes dores contantemente. Aos 20, contraiu uma tuberculose e foi internado num sanatório, situação que acabou por lhe abrir as portas para a carreira.

Incentivado pelos médicos, participou de um grupo teatral no hospital e descobriu a sua vocação para actuar. Antes de tornar-se actor, Loredo trabalhou num banco e também formou-se em Direito.

O personagem “Zé Bonitinho” foi criado há 55 anos por Loredo. O humorista disse que a inspiração do galã que se autoproclama “o perigote das mulheres” veio de um amigo que era metido a conquistador. O personagem que se achava o rei das mulheres era presença constante no extinto programa “A praça é nossa”, do SBT, masa  sua estrei foi em 1960, no programa “Noites Cariocas”, exibido pela extinta TV Rio, com os primeiros textos escritos por Chico Anysio.

Os bordões do personagem conquistador: “Câmera, close; microfone, please”, ou “Garotas do meu Brasil varonil: vou dar a vocês um tostão da minha voz!”, definitivamente ficaram marcados nas mentes dos seus telespectadores.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

error: Content is protected !!