Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Moçambola: Tricolores derrotados no Chiveve veem campeão igualar na liderança

O Maxaquene, que terminou a primeira volta do Campeonato Nacional de Futebol de Moçambique, Moçambola, como líder, e começou a segunda volta a perder. Foi a segunda derrota da equipa de Arnaldo Salvado na prova que para além de ver a festa da reviravolta dos locomotivas beirenses viu a a Liga Muçulmana, campeão em título que venceu o Vilankulos FC (2 a 1), igualar na classificação geral.

O caldeirão do Chiveve, na cidade da Beira, é tradicionalmente um campo difícil para os visitantes. Porém durante a primeira volta o Ferroviário da Beira não conseguiu vencer neste relvado. E, o jogo deste domingo, começou por pender para visitantes. A equipa de Akil Marcelino entrou ao ataque e, a aproveitando o espaço que os tricolores davam, criou as primeiras oportunidades de golo.

Matreiros os tricolores apostaram no contra ataque e na primeira vez que chegaram a baliza do Ferroviário e marcaram a passagem do minuto 34. Depois de um ataque dos locomotivas, o guarda-redes Soarito repôs a bola em jogo com rapidez a bola chegou a Macamito que, na direita, viu o seu companheiro Hélder Pelembe, solto no lado esquerdo, e serviu de primeira. Próximo da quina da grande área adversária, o internacional moçambicano, recém regressado ao Maxaquene, não teve cerimónia e armou um remate bem colocado sem hipóteses para o guarda-redes Gervásio. Os donos da casa continuaram a procura do golo do empate mas o empate chegou com a desvantagem no marcador.

{youtube}odO1ZLmr9eU{/youtube}

No regresso dos balneários, e ainda Akil Marcelino fazia as primeiras mudanças no seu xadrez quando, em mais um contra ataque rápido, Kito servido na esquerda por Hélder Pelembe, foge dos adversários e centra para a área onde Liberty, sozinho, recebeu um cruzamento e na cara do guarda-redes rematou colocado para o fundo das redes. Aos 57 minutos a vantagem dos tricolores aumentava para 2 a 0.

O Ferroviário da Beira não se deu por vencido, entretanto haviam entrado nos locomotivas Mendes, Zicco e Stiven, e três minutos depois, na sequência de um livre marcado no meio campo do Maxaquene os beirenses reduziram a desvantagem por Mendes. O jogo que estava bom ficou ainda melhor e num momento genial de Zicco, no minuto 78 do jogos, os locomotivas empataram o jogo. Grande remate de fora da área do médio ofensivo locomotiva, sem hipóteses para o guarda-redes Soarito. Nas bancadas a festa explodiu, o líder estava a tremer.

Já depois do minuto 90, e reduzido a dez unidades por lesão de Michael, quando as substituições estavam esgotadas, o Ferroviário da Beira acabou fazendo dando uma cambalhota no placar e conquistou a primeira vitória no seu relvado. Contra-ataque pela esquerda a bola chega aos pés de  de Zicco que, do meio da rua, fez um golão para êxtase dos adeptos.

 

Confira os resultados da 14ª jornada:

Ferroviário de Maputo 1-0 Sporting da Beira

Ferroviário da Beira 3-2 Maxaquene

HCB do Songo 0-0 Atletico Muçulmano

Incomati 0-1 Matchedje

Ferroviário de Nampula 0-0 Desportivo

Costa do Sol 1-0 Chingale

Liga Muçulmana 2-1 Vilankulos FC

 

A classificação está assim ordenada:

GOLOS
EQUIPAS J V E D M S PONTOS
Maxaquene 14 8 4 2 20 9 28
Liga Muçulmana 14 8 4 2 17 8 28
Desportivo 14 7 3 4 13 4 24
Costa do Sol 14 7 2 5 15 17 23
Chingale 14 5 6 3 10 8 21
HCB Songo 14 5 6 3 11 7 21
Ferroviário de Beira 14 4 7 3 10 7 19
Incomáti 14 5 3 6 8 13 18
Ferroviário de Maputo 14 5 3 6 15 16 18
Vilankulo FC 14 4 4 6 14 14 16
Ferroviário de Nampula 14 5 2 7 20 18 16
Sporting da Beira 14 3 3 8 8 20 12
Matchedje 14 3 3 8 12 21 12
Atlético Muçulmano 14 2 4 8 8 17 10
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!