Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Moçambola: golaço de Dário Khan aumenta liderança da Liga Muçulmana

Um golaço de cabeça de Dário Khan à passagem do minuto 38 da primeira parte do derby entre o segundo classificado e o líder do Campeonato Nacional de Futebol, Moçambola, garantiu a equipa de Artur Semedo três pontos e o alargar da vantagem para cinco pontos sobre o seu rival.

{youtube}i0Lep4nndhs{/youtube}

O campeão em título entrou ao ataque e cedo adiantou-se no marcador, estavam decorridos 11 minutos do jogo, com um remate de primeira de Maurício que, com o pé direito à entrada da àrea não deu hipóteses a Soarito. Começava assim o jogo que terá também sido uma espécie de vingança dos muçulmanos que na primeira volta empataram em casa, esta época haviam perdido as outras duas partidas com o Maxaquene.

A perder os pupilos de Arnaldo Salvado aumentaram a pressão atacante, diga-se também concedida pelos muçulmanos que a vencer optaram por jogar em contra ataques. Num jogada pelo lado direito Hélder Pelembe é solicitado por um companheiro e, na grande àrea Nelinho sai aos seus pés. O avançado tricolor cai e Mateus Infante, o árbitro da partida, olha para o seu auxiliar que acompanhava o ataque, e que não hesitou em levantar a bandeirola indicado a marca da grande penalidade. Gabito disparou um petardo indefensável para Nelinho. Estava reposta a igualdade à passagem do minuto 32 do jogo, para festa dos milhares de adeptos tricolores que encheram o seu campo no bairro da Machava, no município da Matola.

{youtube}4GCKUNmSBHc{/youtube}

A Liga puxou dos galões de campeão e quatro minutos após o empate colocou-se novamente na frente do placar. Jogada de ataque continuada, a bola chega a Carlitos que a mais de 30 metros da baliza, descaído para a esquerda do seu ataque coloca a bola milimetricamente na cabeça de Dário Khan. Na àrea, entre dois defensores tricolores, o defesa internacional moçambicano foi imperial nas alturas e, como mandam as regras, cabeceou de cima para baixo para o canto mais distante do guarda-redes Soarito.

{youtube}kubZkehmYdk{/youtube}

Depois do descanso o Maxaquene voltou com mais ímpeto atacante mas faltou discernimento ao sector mais ofensivo da equipa de Arnaldo Salvado. Enquanto isso a Liga explorava, com perigo, o contra ataque. A entrada dos 15 minutos finais Artur Semedo reforçou a sua zona defensiva e até ao apito final os tricolores não conseguiram encontrar o caminho para o fundo das redes de Nelinho. Vitória sem contestação da Liga Muçulmana que, apesar de ainda haver muito campeonato pela frente, abriu um fosso com o seu principal rival esta época que agora tem que se preocupar com o Costa do Sol que já está a apenas dois pontos.

Os canarinhos foram ao estádio nacional do Zimpeto, no sábado vencer o Desportivo de Maputo por uma bola a zero.

Destaque pela negativa nesta jornada para a partida entre o Ferroviário da Beira e o Incomati de Xinavane que foi interrompido ao intervalo devido a fúria dos adeptos beirenses que, não concordando com as decisões do trio de arbitragem atirou vários objectos para o relvado colocando em risco a segurança dos interveniêntes no jogo. Os árbitros tiveram que ser escoltados por agentes da Polícia para abandonarem o rectângulo de jogo. Cenas lamentáveis que deverão penalizar a equipa locomotiva do Chiveve.

Confira os resultados incompletos da 17ª jornada:

Matchedje 1-3 Ferroviário de Maputo

Vilankulos FC 0-2 Ferroviário de Nampula

Desportivo 0-1 Costa do Sol

Chingale 1-0 HCB do Songo

Atlético Muçulmano 3-0 Sporting da Beira

Ferroviário da Beira 0-0 Incomáti – interrompido ao intervalo devido a objectos lançados da bancada para o trio de arbitragem, que considerou não existirem consições de segurança para a continuidade do jogo

A classificação está assim ordenada:






GOLOS
EQUIPAS J V E D M S PONTOS
Liga Muçulmana 17 11 4 2 21 9 37
Maxaquene 17 9 5 3 22 11 32
Costa do Sol 17 9 3 5 18 17 30
Desportivo 17 8 4 5 15 5 28
Chingale 17 7 6 4 12 9 27
Ferroviário de Nampula 17 8 2 7 25 19 26
Ferroviário de Maputo 17 7 3 6 22 19 24
HCB Songo 17 5 8 4 12 9 23
Ferroviário de Beira 16 4 8 4 10 9 20
Vilankulo FC 17 5 5 6 16 17 20
Incomáti 16 5 3 8 8 15 18
Matchedje 17 3 4 10 13 25 14
Atlético Muçulmano 17 3 4 10 12 20 13
Sporting da Beira 17 3 3 11 8 24 12
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!