Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Moçambola: Disputa-se neste fim-de-semana a 12ª e “amputada” jornada

A décima segunda jornada do Campeonato Nacional de Futebol, Moçambola, edição 2013, será disputada no Domingo (09 de Junho). Contudo, será uma ronda amputada e com apenas quatro jogos, devido aos compromissos da selecção nacional que joga também no Domingo.

O destaque vai, sem dúvidas, para o surpreendente líder Clube de Chibuto que desloca-se para o centro do país, exactamente ao campo do Ferroviário da Manga, para defrontar o Estrela Vermelha da Beira. Nesta partida, se por um lado os guerreiros vão querer vencer para continuar no topo da tabela classificativa, neste momento com 20 pontos, o Estrela não pode perder pontos sob pena de afundar-se na zona da despromoção.

No campo do Desportivo de Tete, o Chingale recebe o Ferroviário da Beira, onde só a vitória interessa aos canarinhos do planalto para distanciarem-se da zona crítica da tabela classificativa, ocupando neste momento a nona posição com 13 pontos. Já o Ferroviário da Beira, motivado pelas vitórias extraordinárias contra o Ferroviário de Maputo e o Maxaquene, pelo mesmo resultado de 2 a 0 nos dois últimos jogos, procura também vencer para assaltar a liderança da competição.

Em Vilankulos, no campo municipal, jogam dois aflitos que vão procurar, a todo o custo, conquistar os três pontos que lhes permitam respirar de alívio. O Vilankulo FC, equipa que ocupa a penúltima posição da competição com 11 pontos, recebe o Têxtil de Púnguè, antepenúltimo classificado com 12.

Enquanto isso, ainda no domingo a partir das 15 horas, o Desportivo de Nacala, equipa sensação do Moçambola, recebe o Matchedje de Maputo, o lanterna vermelha da prova, em casa emprestada na cidade de Nampula.

Importa referir que os restantes jogos foram adiados para o próximo dia 23 do mês em curso, devido aos compromissos da selecção nacional visto que grande parte dos convocados de Gert Engels, seleccionador nacional (demissionário), é proveniente desses clubes. Ou seja, dão continuidade do Moçambola equipas sem ou com um máximo de dois jogadores na selecção nacional.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!