Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Moçambola: Costa do Sol incapaz de vencer em casa entrega título inédito a União Desportiva de Songo que comemorou com goleada

Moçambola: Costa do Sol incapaz de vencer em casa entrega título inédito a União Desportiva de Songo que comemorou com goleada

Foto da União Desportiva do SongoAcabou a luta pelo título nacional de futebol em Moçambique, depois da Beira a taça viaja para Tete onde a União conseguiu forças para conquistar um título inédito na província, quando faltam ainda disputar duas jornadas do Moçambola. A festa foi feita no Songo com a maior goleada da época, no entanto ajudada pelo Costa do Sol que no seu relvado foi incapaz de vencer o Clube de Chibuto. Pelo segundo ano consecutivo o mais importante troféu do futebol moçambicano fica fora de Maputo.

Após derrotar os “canarinhos” da capital do país na jornada 27 a equipa de Chiquinho Conde sabia que podia encomendar as faixas de campeão pois seria apenas uma questão de tempo a conquista do título. C

ontudo o Costa do Sol deu outra ajuda neste domingo(24) ao empatar seu relvado com os “guerreiros” de Gaza que marcaram primeiro no minuto 7 quando Yannick remate forte à meia distância e a bola bateu em Chico enganando o guarda-redes Guirrugo.

Antes do intervalo o defensor “canarinho” redimiu-se subindo às alturas e atirando de cabeça para o fundo das redes de Okunade, na sequência de um livre Mfiki.

Mas a equipa de Nélson Santos foi incapaz de fazer a reviravolta no resultado que entregava o título à União, mesmo com um penalti oferecido no minuto 75, pois Santaca Jr não cortou a bola com a mão, Lineker chutou para a defesa de Okunade. Mais uma vez o Clube de Chibuto volta a atravessar-se no caminho do Costa do Sol para o título.

Título garantido com maior goleada da época

Indiferente ao jogo da única equipa que ainda podia atrasar o título o capitão Mucuapele abriu as hostilidade no Songo perto da meia hora de jogo diante dos “fabris” do Chimoio que deram muita luta pois buscavam pontos para garantir a sua manutenção.

Foto da União Desportiva do SongoDepois do descanso Mario Sinamunda fez o segundo com o seu pé esquerdo e no minuto 60 Tony teu o tom para a goleada com um remate cruzado do vértice da grande área.

Já com a festa nas bancadas o malawiano Frank Banda arrancou do meio campo com a bola controlada e a entrada da área atirou por cima do guarda-redes Ramiro.

Ainda houve tempo para Lanito entrar, receber um passe longo, fintar o guarda-redes Ramiro e fazer o 5 a 0, a maior goleada da União Desportiva esta época e de todo o Moçambola que consumou o inédito título para a província de Tete.

Os “hidroeléctricos” são somente a quinta equipa de fora de Maputo que conquista o título de campeão nacional de futebol, sucedendo aos “locomotivas do Chiveve” e mantendo o “canecão” na Região Centro de Moçambique.

Consumada descida da Universidade Pedagógica de Niassa

Na luta pela manutenção os “pedagogos” do Niassa foram goleados em casa pelos “muçulmanos” da Matola e consumaram a sua despromoção do Moçambola. Sonito abriu o placar e bisou no início da 2ª parte. Já perto do minuto 90 Telinho sentenciou a despromoção com um golo que o colocou na liderança dos melhores marcadores com 15 golos.

Em Maputo um golo Fachy reanimou os “tricolores” que venceram um dos seus adversários directos na disputa pela manutenção, os “trabalhadores” de Quelimane, a quem ultrapassaram na tabela.

Khalima acabou com o jejum de golos em Vilanculos, a equipa da ENH não marcava um golo desde a jornada 23, e garantiu uma preciosa vitória sobre o Ferroviário de Nacala e tranquilizou a equipa à meio da tabela classificativa.

Entretanto um golo de Quaresma perto do intervalo ditou a vitória do Desportivo de Nacala sobre o Ferroviário de Nampula e a queda da equipa de Arnaldo Salvado para o 12º lugar.

Eis os resultados da 28ª jornada, que só ficará completa quando o Ferroviário da Beira defrontar o Chingale de Tete:

AD Macuácua 0-1 Ferroviário de Maputo

Desportivo de Nacala 1-0 Ferroviário de Nampula

UP de Niassa 0-1 Liga Desportivo de Maputo

Maxaquene 0-0 1° Maio de Quelimane

ENH Vilanculo 1-0 Ferroviário de Nacala

Costa do Sol 1-1 Clube de Chibuto

União Desportiva de Songo 5-0 Textáfrica de Chimoio

 

A classificação está assim ordenada após a disputa da 28ª jornada:

CLUBES

J

V

E

D

BM

BS

P

União Desportiva do Songo

28

19

5

4

38

15

62

Costa do Sol

27

15

7

5

37

16

52

Ferroviário de Nacala

28

13

7

8

25

19

46

Clube de Chibuto

28

11

9

8

27

26

42

Desportivo de Nacala

28

10

12

6

21

16

42

Liga Desportiva de Maputo

28

11

8

9

37

28

41

Ferroviário de Maputo

27

11

6

10

23

21

39

Ferroviário da Beira

25

8

12

5

30

22

36

ENH FC de Vilanculo

28

8

12

8

25

22

36

10º

Textafrica de Chimoio

28

9

7

12

24

34

34

11º

Maxaquene

28

8

9

11

25

25

33

11º

Ferroviário de Nampula

28

6

15

7

20

20

33

13º

1° de Maio de Quelimane

28

8

8

12

27

35

32

14º

Chingale de Tete

27

7

5

15

26

40

26

15º

UP Lichinga

28

5

8

15

13

28

23

16º

AD Macuacua

28

4

6

18

13

44

18

 

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!