Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Moçambola: Chiquinho Conde já não é treinador do Vilankulo FC

O Vilankulo FC anunciou, na tarde desta terça-feira (09 de Junho), a rescisão amigável do contrato com o técnico principal, Chiquinho Conde, ao serviço daquela equipa desde Novembro de 2011.

A longa caminhada que se previa de 10 anos, segundo o acordo firmado entre Yassin Amuji, proprietário e presidente daquele clube e Chiquinho Conde, cessou prematuramente, 20 meses depois. Motivos: maus resultados.

Depois de ser eliminado na Taça de Moçambique pelo Desportivo de Maputo neste fim-de-semana (06 e 07), o Vilankulo FC, terminada a primeira volta do Moçambola, lidera a zona da despromoção com 14 pontos, fruto de quatro vitórias, duas derrotas e sete empates.

Até ao momento não foi possível entrar em contacto com o treinador mas, numa breve conversa com o @Verdade, Yassin Amuji confirmou a informação sem avançar com os detalhes afirmando, contudo, que as partes chegaram a um acordo amigável.“O projecto do Vilankulo FC não pode parar. Todos os treinadores que vierem terão de adaptar-se à ideologia do clube. Se falhou o modelo, não pode significar que falhou o projecto” disse Yassin Amuji.

De lembrar que a cláusula de rescisão do contrato de dez anos de Chiquinho Conde, conforme tornou-se público no passado, estava estimada em 300 mil dólares norte–americanos.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!