Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Acidente de viação causa sete óbitos em Inhambane

Um acidente de viação ceifou a vida de sete pessoas, por sinal funcionárias dos Serviços de Saúde e da Mulher e Acção Social, e feriu gravemente outras duas, acompanhantes de alguns perecidos, na última segunda-feira (01), na zona de Malaia, no município da Massinga, na província de Inhambane.

Segundo a Polícia, as vítimas viajam num camião de marca mercedes, que embateu na parte traseira de duas viaturas, por volta das 18horas.

Entretanto, a corporação disse à Imprensa que o sinistro ocorreu no último sábado (06), o que não constitui verdade, pois o acidente aconteceu na segunda-feira. A mesma Polícia referiu ainda que o incidente aconteceu numa zona chamada Malamba, que nem sequer existe em Inhambane. Existe, sim, Malaia, sita antes de Massinga para quem segue a direcção Sul/Norte.

O chefe des Operações no Comando-Geral da Polícia da República de Moçambique (PRM), António Pelembe, explicou que o camião transportava 10 ocupantes incluindo o motorista, sofreu embate de um carro que se encontrava no mesmo sentido de marcha, desse choque resultou outro embate no mesmo veículo em que viajavam as vítimas, capotou e sete cidadãos morreram no local.

O motorista sofreu contusões ligeiras. Pelembe apontou a fraca visibilidade dos sinais luminosos do camião e a tentativa de ultrapassagem como sendo uma das prováveis causas do sinistro.

Enquanto isso, na semana de 01 a 05 de Julho corrente, registou-se, em todo o país, 46 acidentes de viação, contra 65 em igual período do ano anterior, facto que resultou na morte de 27 compatriotas, 48 feridos graves e 46 ligeiros.

No que tange à operação policial, foram fiscalizadas 23.598 viaturas, das quais 4.800 impostas multas, 334 livretes apreendidas, 82 condutores surpreendidos a conduzir sob efeito de álcool, 64 viaturas apreendidas por práctica de diversas irregularidades e quatro indivíduos detidos por condução ilegal.

 

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!