Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Moçambola: Chibuto mantém invencibilidade e junta-se ao trio que lidera

Os “guerreiros” de Gaza continuam invencíveis no Campeonato Nacional de futebol, no sábado(21) o Chibuto FC recebeu e derrotou o Desportivo de Maputo e juntou-se ao trio que lidera a prova. Ainda na abertura da 10ª jornada o Ferroviário de Nampula impôs a segunda derrota a União Desportiva de Songo que continua na frente do Moçambola mas com os mesmos pontos que o Chibuto e Liga Desportiva.

Em dez partidas disputadas a equipa treinada por Lucas Barrarijo nunca conheceu o amargo sabor da derrota, empatou seis partidas e venceu quatro jogos, três deles contra as chamadas equipas “grandes”: Ferroviário da Beira, Liga Desportiva de Maputo e no passado sábado o Desportivo de Maputo.

Em casa e com apoio do seu imenso público os “guerreiros” entraram dominadores mas os “alvi-negros”, contra a corrente de jogo, marcaram primeiro. Calton (minuto 20) disparou um livre que o guarda-redes Zacarias não conseguiu segurar e Jojó na recarga abriu o placar.

Mas antes do intervalo (minuto 46) o burundes Christopher fez o empate, emendando com o pé esquerdo um bom cruzamento do flanco esquerdo.

Os pupilos de Urazas Mahomed não deram grande réplica e com alguma justiça que Johane, na transformação de uma grande penalidade a castigar mão de um defesa “alvi-negro”, garantiu a vitória (minuto 82) que coloca o Chibuto FC com os mesmo 18 pontos que a União Desportiva de Songo.

União Desportiva de Songo e ENH atrasam-se

A equipa treinada por Artur Semedo que dominou a partida, na chamada “capital Norte” ,com os locomotivas locais saiu derrotada por um golo solitário de Imo. Luís poderia pelo menos ter empatado mas desperdiçou um penálti.

Em Inhambane o ENH voltou a marcar passo na sua caminhada para os lugares cimeiros do Moçambola ao empatar sem golos com o Ferroviário de Nacala e caiu da terceira para a quinta posição.

O outro representante da cidade portuária do Norte, que não marcava um golo desde a 6ª jornada, tirou a barriga da miséria e acertou quatro contra nenhum do representante da província da Zambézia.

Destaque ainda, entre as partidas disputadas no sábado, para a estreia vitoriosa de Mussá Osman no comando técnico do Chingale de Tete, o terceiro técnico da equipa nesta temperada. Chana marcou o único golo na vitória sobre o Desportivo de Niassa.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!