Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

 
ADVERTISEMENT

Liga Muçulmana bi-campeão nacional de futebol de Moçambique

Liga Muçulmana bi-campeão nacional de futebol de Moçambique

A Liga Desportiva Muçulmana renovou o título de campeão nacional de futebol de Moçambique após golear no seu relvado, neste domingo(02), o já despromovido Ferroviário de Pemba por 5 a 0. Imo abriu o placar, Zicco com o um hat-trick (o segundo nesta época) deu mote a goleada e Hagy sentenciou a vitória da equipa agora treinada por Daúde Razaque mas que fez a caminhada para o quarto título do Moçambola sob o comando de Sérgio Faife Matsolo, que assumiu a equipa em Março deste ano com a saída de Litos Carvalha.

Os “muçulmanos” assumiram o comando da prova à sétima jornada nunca mais a largaram. Abriram uma vantagem de nove pontos sobre o segundo classificado mas na Beira viram a sua invencibilidade acabar na jornada 19.

Depois viveram-se momentos dramáticos com mais duas derrotas e um empate e quando olharam tinham o Ferroviário de Nampula a um ponto na corrida para o título.

Porém, a equipa presidida por Rafik Sidat, e que disputa o principal Campeonato de futebol do nosso país a menos de duas décadas, sempre dependeu dos seus jogadores para revalidar o título, o quarto em cinco épocas.

Neste domingo, logo que soou o apito do árbitro, os anfitriões pegaram nas rédeas do jogo. No minuto quatro, depois de receber um passe de Liberty, Zicco flectiu da esquerda para o meio e desferiu um portentoso remate, mas o esférico passou a escassos centímetros da barra transversal da baliza à guarda de Sozinho.

A equipa de Arnaldo Ouana tentava chegar a baliza de Joaquim através das jogadas de contra-ataques ou por meio de lançamentos longos, todavia, Chico e Aguiar paravam todas as investidas dos seus dianteiros.

Aos nove minutos, Kito, com um passe teleguiado, isolou Telinho, mas este rematou para uma excelente defesa de Sozinho que era a melhor unidade da formação forasteira que no primeiro quarto de hora não chegou de rematar a baliza de Joaquim.

Os muçulmanos continuavam a dominar mas pecavam no último terço do terreno, mesmo com a apatia da defensiva do seu rival.

O Ferroviário de Pemba fez o primeiro remate a baliza à passagem do minuto vinte. Na sequência de um livre a castigar uma falta de Aguiar sobre Ramudua, Bila rematou forte para uma defesa atenta de Joaquim.

No lance seguinte, depois de recuperar a bola na zona intermediaria, Kito, com outro um passe magistral, isolou Zicco, mas o avançado malawiano rematou ao alcance de Sozinho.

Os “muçulmanos” acabaram o inaugurar o marcador aos 29 minutos. Depois de sucessivas trocas de passes no meio-campo, Liberty lançou Kito que subiu até a linha de fundo e cruzou para a marca da grande penalidade onde estava Imo que, sem marcação, rematou sem hipóteses de defesa para o guarda-redes locomotiva.

À passagem do minuto 37, depois de uma atrapalhação entre Aguiar e Joaquim, Cachimo desferiu um portentoso remate mas o esférico passou a escassos centímetros do poste esquerdo de Joaquim, diga-se, foi a melhor oportunidade do conjunto de Arnaldo Ouana. Com naturalidade, a Liga Muçulmana chegou ao segundo golo aos 45 minutos.

Na sequência de uma perda de bola de Bila, Nando subiu até a linha de fundo e colocou bola nos pés de Zicco que, dentro da grande área, rematou em arco e a bola só foi travada pelas redes. Com este resultado as duas formações saíram para o intervalo.

Zicco faz o segundo hat-trick da época

Depois do descanso a Liga não reduziu o seu jogo ofensivo e, à passagem do minuto 56, a equipa de Daudo Razack chegou ao 3 a 0. Depois de ganhar um despique com Bila, Telinho, com um passe milimétrico, passou o esférico para Zicco que a entrada da área rematou vitorioso e fez o terceiro dos anfitriões e o segundo da sua conta pessoal.

A perder a equipa de Arnaldo Ouana tentou mudar a sua forma de defender continuava a não conseguir parar as investidas do trio, Momed Hagy, Liberty e Imo, que anulava os organizadores de jogo da equipa de Cabo Delgado.

Aos 62 minutos, Imo, perto da linha divisória, lançou Zicco que galgou terreno até a grande área e com apenas Sozinho pela frente limitou-se a escolher aonde é que queria colocar a bola. Os adeptos já festejavam a conquista do bi-campeonato.

Na resposta dos forasteiros, no seguimento de um livre a castigar uma falta de Aguiar sobre Cachimo, Sassy desferiu um forte remate mas Joaquim com uma excelente defesa manteve as suas redes invioláveis.

O Ferroviário de Pemba, que já não tinha nada a perder, procurava o golo de honra acabando por abrir espaços para os “muçulmanos” chegarem a sua baliza. À passagem do minuto 73, Kito galgou terreno até linha de fundo e cruzou para a grande área onde estava Momed Hagy que dominou a bola com a coxa e rematou sem hipóteses de defesa para Sozinho, diga-se, foi um grande golo do experiente médio da Liga Muçulmana.

Com a partida resolvida, o técnico muçulmano operou algumas substituições na equipa para dar alguns minutos há alguns jogadores pouco utilizados no decorrer da época.

Aos 83 minutos, na sequência de uma carga de Chico sobre Bila, Nito rematou forte mais Joaquim com uma palmada desvia para canto. Antes do término do jogo as duas equipas criaram oportunidades para marcar mas o 5 a 0 mantem-se até o final da partida.

Eis o quadro de resultados da última jornada

HCB de Songo 1 – 2 Ferroviário de Nampula

Desportivo de Maputo 2 – 0 Estrela Vermelha da Beira

Maxaquene 2 – 2 Têxtil de Púnguè

Ferroviário de Quelimane 0 – 0 Ferroviário de Maputo

Desportivo de Nacala 1 – 1 Costa do Sol

Ferroviário da Beira 0 – 0 Clube de Chibuto

Liga Muçulmana 5 – 0 Ferroviário de Pemba

A classificação final ficou assim ordenada:

CLUBES

J

V

E

D

BM

BS

P

Liga Desportiva Muçulmana

26

15

08

03

44

15

53

Ferroviário de Nampula

26

15

07

04

26

12

52

Ferroviário da Beira

26

13

8

05

30

16

47

HCB do Songo

26

12

05

9

33

29

41

5º

Grupo Desportivo Maputo

26

12

05

09

36

27

41

6º

Maxaquene

26

11

6

09

26

20

39

7º

Clube do Chibuto

26

10

8

08

29

26

38

8º

Costa do Sol

26

10

6

10

32

27

36

Grupo Desportivo de Nacala

26

07

9

10

21

29

30

10º

Ferroviário de Maputo

26

07

8

11

24

25

29

11º

Ferroviário de Quelimane

26

08

5

13

19

34

29

12º

Têxtil de Púnguè

26

05

7

14

15

33

22

13º

Ferroviário de Pemba

26

05

06

15

17

38

21

14º

Estrela Vermelha da Beira

26

03

10

13

10

32

19

 

Confira os campeões nacionais de Moçambique, desde 1976:

  • 2013 – Liga Muçulmana de Maputo
  • 2012 – Clube de Desportos Maxaquene (Maputo)
  • 2011 – Liga Muçulmana de Maputo
  • 2010 – Liga Muçulmana de Maputo
  • 2009 – Clube Ferroviário de Maputo
  • 2008 – Clube Ferroviário de Maputo
  • 2007 – Clube de Desportos Costa do Sol (Maputo)
  • 2006 – Grupo Desportivo de Maputo
  • 2005 – Clube Ferroviário de Maputo
  • 2004 – Clube Ferroviário de Nampula
  • 2003 – Clube de Desportos Maxaquene (Maputo)
  • 2002 – Clube Ferroviário de Maputo
  • 2000/2001 – Clube de Desportos Costa do Sol (Maputo)
  • 1999/2000 – Clube de Desportos Costa do Sol (Maputo)
  • 1998/99 – Clube Ferroviário de Maputo
  • 1997 – Clube Ferroviário de Maputo
  • 1996 – Clube Ferroviário de Maputo
  • 1995 – Grupo Desportivo de Maputo
  • 1994 – Clube de Desportos Costa do Sol (Maputo)
  • 1993 – Clube de Desportos Costa do Sol (Maputo)
  • 1992 – Clube de Desportos Costa do Sol (Maputo)
  • 1991 – Clube de Desportos Costa do Sol (Maputo)
  • 1990 – Clube de Desportos Matchedje (Maputo)
  • 1989 – Clube Ferroviário de Maputo
  • 1988 – Grupo Desportivo de Maputo
  • 1987 – Clube de Desportos Matchedje (Maputo)
  • 1986 – Clube de Desportos Maxaquene (Maputo)
  • 1985 – Clube de Desportos Maxaquene (Maputo)
  • 1984 – Clube de Desportos Maxaquene (Maputo)
  • 1983 – Grupo Desportivo de Maputo
  • 1982 – Clube Ferroviário de Maputo
  • 1981 – Grupo Desportivo da Companhia Têxtil do Punguè (Beira)
  • 1980 – Clube de Desportos Costa do Sol (Maputo)
  • 1979 – Clube de Desportos Costa do Sol (Maputo)
  • 1978 – Grupo Desportivo de Maputo
  • 1977 – Grupo Desportivo de Maputo
  • 1976 – Textáfrica (Chimoio)
WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!