Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Moçambola 2013: Victor Urbano despedido do Ferroviário de Maputo

O treinador português, Victor Urbano, foi despedido do comando técnico do Ferroviário de Maputo, clube no qual trabalhava desde o início da presente época. A decisão foi tomada pela direcção na manhã deste sábado (1), em assembleia-geral extraordinária.

Os maus resultados ou, se pretendermos, o desastroso arranque de época do Ferroviário de Maputo, precipitaram a decisão que, segundo apurámos, a direcção a tomou por imposição dos sócios. Aliás, no passado domingo (26 de Maio), o elenco directivo da locomotiva da capital do país escapou, graças a intervenção da polícia, a um espancamento pela massa associativa em pleno Estádio da Machava, depois de mais uma derrota por 2 a 0 diante do Ferroviário da Beira, alegadamente por estar a proteger aquele treinador.

À entrada da jornada dez (com um jogo de atraso), a locomotiva da capital assume a oitava posição com 12 pontos, um acima da zona da despromoção e com “triplo” três ou seja, três vitórias, igual número de empates e de derrotas. Interinamente, Victor Urbano será substituído por Danito Nhampossa, seu antigo adjunto e por Victor Magaia, treinador do guarda-redes da equipa.

Depois de confirmado o despedimento do treinador português, a segunda chicotada psicológica do Moçambola e curiosamente envolvendo estrangeiros, Osvaldo Bendzane, um dos vice-presidentes do clube, fez uma publicação “interessante” nas redes sociais e com o seguinte teor: “o próximo será um técnico altamente qualificado mas também estrangeiro. (O Victor Urbano) Deverá ser a ponte entre a formação e a equipa sénior (…) Ele não encaixou-se no Clube Ferroviário de Maputo mas por reconhecermos a qualificação dele, vai continuar noutro projecto duradouro e promissor do clube”.

Segundo fontes ligadas à direcção daquele clube e, associando ao comentário de Osvaldo Bendzane, Victor Pontes do Clube de Chibuto e Rogério Gonçalves da locomotiva de Nampula estão na corrida pela sucessão de Victor Urbano.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!