Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

https://www.petromoc.co.mz/Lubrificantes.htmlhttps://www.petromoc.co.mz/Lubrificantes.htmlhttps://www.petromoc.co.mz/Lubrificantes.html
ADVERTISEMENT

Moçambique vai falhar as metas dos Objectivo do Desenvolvimento do Milénio no sector da água e saneamento

Moçambique não vai cumprir as metas previstas nos Objectivos de Desenvolvimento do Milénio (ODM) no que tange ao acesso à água e ao saneamento do meio supostamente por falta de fundos, problemas relacionados com as fontes de abastecimento que não beneficiam de manutenção periódica, dispersão da população, dentre outros factores.

Messias Macie, chefe do Departamento de Planificação na Direcção Nacional de Águas (DNA), disse ao @Verdade que dos 23 milhões de habitantes, 53 porcento é que têm acesso à água potável e apenas 33 porcento é beneficiam do saneamento básico, contra 70 e 50 porcento, respectivamente, definidos pela Organização das Nações Unidas para serem alcançados até 2015.

Recentemente, organização internacional WaterAid Moçambique referiu que perto de 12 milhões de moçambicanos, de um total de 23 milhões, ainda não têm acesso à água potável no país e 19 milhões de pessoas não têm saneamento básico.

Segundo Messias Macie, as províncias de Nampula e da Zambézia são as que apresentam taxas de cobertura mais baixa devido ao elevado nível de assoreamento, o que exige a introdução de medidas arrojadas para fazer face à situação.

“Podemos afirmar que não iremos alcançar as metas traçadas até 2015, mas na componente de acesso à água potável estaremos muito próximo das exigências definidas”, garantiu o nosso entrevistado.

De referir que o sétimo ODM preconiza a redução do número de pessoas sem acesso à água e saneamento para a metade. Enquanto isso, estima-se que mais mais de nove mil menores de cinco anos morrem anualmente em Moçambique, em consequência das doenças diarreicas, por não terem acesso à água segura, ao saneamento e à higiene.

 

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

error: Content is protected !!