Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Moçambique poderá estar entre os maiores produtores de titânio a partir 2014

Moçambique poderá entrar no grupo dos maiores produtores mundiais de titânio, a partir de 2014, como resultado da entrada em funcionamento da segunda fase do projecto das areias pesadas de Moma, na província nortenha de Nampula.

A partir daquele período, a contribuição das exportações de titânio produzido no país, em relação ao mercado global, deverá ser de 10%, contra o actual volume de 7%, apurou o Correio da manhã junto de fonte competente da Kenmare, multinacional irlandesa envolvida na exploração do produto em Nampula.

Aquela região tem potencial para produzir anualmente 860 milhões de toneladas de titânio e outras areias pesadas como zircão e ilmenite, concentradas nas localidades de Namalope e Nataka, principalmente.

Para acelerar o seu programa de expansão, a multinacional prevê aplicar até Junho de 2013 cerca de 40 milhões de dólares norte-americanos para revitalizar a mina de Topuito, igualmente em Nampula.

A Kenmare indica ainda que o titânio poderá ser um dos minérios mais procurados no mercado global em 2013.

Em 2012, a China, principal destino das areias pesadas produzidas emMoçambique,reduziu,significativamente, a aquisição daqueles produtos devido ao impacto negativo da crise financeira internacional e abrandamento de obras no seu sector de construção civil.

Refira-se que o titânio é uma das principais matérias- primas para produção de cosméticos, plástico, papel, cerâmica e produtos têxteis.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!