Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Moçambique entre os 16 países com fome aguda

Moçambique faz parte do grupo de 16 países considerados como estando na situação de “muito grave” no que respeita a problemas de fome, segundo o Índice Global da Fome de 2013, divulgado esta semana na Alemanha.

Naqueles países, a fome revela-se principalmente através da desnutrição infantil, segundo o documento elaborado pelo Instituto Internacional de Investigação sobre Políticas Alimentares dos Estados Unidos da América (EUA) e pelas organizações não governamentais Concern Worldwide e Welthungerhilfe, da Irlanda e Alemanha, respectivamente.

Estão na situação de Moçambique Timor-Leste, Sudão, Chade, Iémen, Etiópia, Madagáscar, Zâmbia, Haiti, República Centro-Africana, Serra Leoa, Burkina Fasso, Índia, Tanzânia, República do Congo e Níger.

No global, o documento indica que pelo menos 56 países estão numa situação considerada “grave” devido a conflitos armados, fraca produção agrícola, catástrofes naturais e elevados preços dos alimentos.

Segundo igualmene o Índice Global da Fome de 2013, cerca de 870 milhões de pessoas enfrentam uma situação de sub-alimentação crónica, sendo o Sul do Sahara e o Sudeste asiático as regiões do mundo que apresentam os piores dados.

Entretanto, o Ministério da Agricultura indica que, em Moçambique, 37% de 3,7 milhões de agregados familiares experimentam situações de fome em algum período do ano devido ao facto de cerca de 110 mil hectares de terra cultivada terem sido perdidos, no início deste 2013, devido às inundações que afectaram as regiões Sul e Centro de Moçambique, principalmente.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!