Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Moçambique em 1º lugar na protecção de investidores

Moçambique ocupa o primeiro lugar num ranking de 178 países analisados por uma pesquisa realizada pela International Finance Corporation (ICF), do Banco Mundial (BIRD), e na 162ª posição na classificação sobre Emprego. A Singapura liderou o ranking de facilidade para se fazer negócio, tendo Moçambique ficado no 134º lugar no mesmo indicador por serem ainda necessários 42 dias para o registo de propriedade, de acordo ainda com resultados da pesquisa da ICF.

Já os resultados da pesquisa realizada pela Agência dos Estados Unidos da América para o Desenvolvimento Internacional (USAID) consideram que Moçambique é um país que pratica elevados custos para obtenção do crédito bancário e onde há restrições no acesso ao financiamento.

Carga fiscal e transporte aéreo

Sobre a matéria, as conclusões da ICF indicam que investidores em Moçambique têm vindo a enfrentar “uma carga tributária relativamente alta, mas quando o Código dos Benefícios Fiscais é aplicado, o regime fiscal em Moçambique é competitivo”, como resultado da reforma fiscal em curso que incide sobre impostos, cujas taxas cobradas são tidas como altas.

No concernente ao Transporte Aéreo, as conclusões da pesquisa da ICF prognosticam um aumento do crescimento económico de 20%, caso o sector seja liberalizado na sua plenitude, não somente em Moçambique como também em toda a região Austral da África. O aumento daquela percentagem significaria que mais 500 mil visitantes estrangeiros escalariam a região para fazer negócios e turismo.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!