Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Moçambique com défice energético de 800 MW em 2013

Até finais deste 2013, Moçambique deverá registar um défice de energia eléctrica de 800 megawatts (MW) devido ao crescente surgimento de empreendimentos socioeconómicos um pouco por todo o país.

No geral, Moçambique dispõe de uma capacidade instalada de produção eléctrica de cerca de 2500 MW e exporta parte do recurso para os restantes países vizinhos da África Austral, segundo Pascoal Bacela, director nacional de Energia Eléctrica, falando esta terça-feira, em Maputo, à margem do Quarto Fórum Anual sobre Carvão.

Entretanto, em 2014, perto de 175 MW de energia eléctrica deverão ser adicionados à actual capacidade de produção gra- ças à entrada em actividade de duas novas centrais eléctricas na região de Ressano Garcia, província de Maputo, e Chókwè, em Gaza.

Para além daqueles empreendimentos, “vários outros vão ser erguidos” para Moçambique passar a ter uma capacidade de produção de, pelo menos, cinco mil MW/ano a partir de 2026, segundo igualmente Bacela, apontando as barragens de Mphanda-Nkuwa, Lupata e Boroma, em Tete, como alguns dos empreendimentos que deverão ser erguidos ao longo dos próximos 12 anos.

Até aquele período, cerca de 60% da energia produzida no país serão na base hídrica, contra 25% a partir de gás natural e 15% através de carvão térmico, acrescentou Bacela, realçando que a iniciativa insere-se no quadro de diversificação de fontes de produção de energia eléctrica para responder à sua crescente demanda no país e na África Austral.

Refira-se que o Quarto Fórum Anual sobre Carvão termina esta quarta-feira e junta cerca de 200 participantes provenientes de várias partes do mundo. No encontro, foram realizados debates de partilha de experiência, análise de riscos de investimento e futuros desafios daquele sector produtivo, sendo que Moçambique se destaca mundialmente por possuir uma das maiores reservas daquele mineral na província central de Tete, particularmente.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!