Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

MITUR manda fechar 100 estâncias turísticas

Pouco mais de 100 estabelecimentos turísticos que nos últimos anos vinham funcionando ilegalmente foram, em 2010, obrigados pelo Ministério do Turismo (MITUR) a paralisar as suas actividades por falta de licença de exploração.

A sua ilegalidade foi descoberta na sequência de um processo iniciado no mesmo período de requalificação das unidades hoteleiras, segundo Martinho Muatxiwa, director nacional do Turismo, falando, esta quinta-feira, em entrevista ao Correio da manhã, realçando que o trabalho está a descobrir mais estâncias turísticas a funcionar sem aval governamental.

Por outro lado, a requalificação possibilitou também ao MITUR apurar com exactidão o efectivo real do sector que é de 39,7 mil assalariados, contra os anteriores 33 mil, enquanto o número de camas subiu de 13,8 mil, em 2004, para 18,4 mil, em 2009, em que foram colocadas nos cerca de 4,7 mil estabelecimentos turísticos a funcionar legalmente.

Igualmente, o valor de receitas aumentou para 195 milhões de dólares norte-americanos, em 2009, contra USD 95,3 milhões de 2008, “período em que grande parte daqueles estabelecimentos operava ilegalmente”, realçou Muatxiwa.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!