Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

https://www.petromoc.co.mz/Lubrificantes.htmlhttps://www.petromoc.co.mz/Lubrificantes.htmlhttps://www.petromoc.co.mz/Lubrificantes.html
ADVERTISEMENT

Ministério do Ambiente paga mais 1 ano de rendas de casas a vítimas da Lixeira do Hulene

lixeira-hulene-derrocada

Devido a incompetência do Governo de Filipe Nyusi edificar habitações para as 269 famílias afectadas pelo desabamento da Lixeira do Hulene, há mais de 2 anos, o Ministério da Terra e Ambiente vai realocar mais 32 milhões de meticais para o pagamento de mais 1 ano de rendas de casas.

Por Adérito Caldeira

“É aprovada a Transferência Extraordinária atinente a continuidade de desembolso de subsídios para apoiar as vítimas do deslizamento do lixo na Lixeira de Hulene no valor de 32 milhões de meticais proveniente de receitas colectadas pelo Sector de Terra e Ambiente para o Concelho Municipal da Cidade de Maputo, sem prejuízo do consagrado na legislação vigente sobre o subsidio social básico”, determina o Decreto nº 40/2020 aprovado no passado dia 2 de Junho pelo Conselho de Ministros.

Esta é a terceira vez que o Ministério da Terra e Ambiente realoca verbas para subsidiar as 269 famílias que ficaram sem habitação devido ao desabamento da Lixeira do Hulene em Fevereiro de 2018. A tragédia causou ainda a morte de 16 moçambicanos.

Na altura o Governo de Filipe Nyusi prometeu edificar novas habitações em Possulane, no Distrito de Marracuene, na Província de Maputo, mas até hoje as residências não foram construídas.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

error: Content is protected !!