Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Ministério da Agricultura exige reformulação do plano director

O Secretário Permanente do Ministério da Agricultura, Daniel Clemente, exige a refomulação do Plano Director do Caju 2011-2020, que define as estratégias para os segmentos que compõem a cadeia de valores ao nível daquele sector.

Clemente considera não ter havido um estudo concreto sobre as realidades dos métodos de trabalho e financiamento, bem como em relação à formulação de metas preconizadas, incluindo o número de mudas a serem produzidas em 10 anos, período previsto para a conclusão do referido plano.

Aquele dirigente apelou aos consultores no sentido de proceder, com a máxima urgência, rectificar os erros verificados porque trata-se dum documento importante o bom funcionamento do Instituto de Cajú.

Elaborado com o apoio de uma equipa de consultoria, o plano director do cajú foi apresentado na cidade de Nampula, numa cerirmónia que contou, para alem da presença do secretário prermanente provincial, com a participação de técnicos do sector de caju, administradores distritais e parceiros de cooperação.

A castanha de caju constitui uma das bases de rendimento de grande parte das famílias moçambicanas. As estimativas apontam para cerca de 30 milhões de cajueiros em, todo o país, sendo a província de Nampula a maior produtora desta cultura.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!