Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Militantes somalis ameaçam realizar mais ataque após matarem 30 pessoas

Militantes somalis ligados à Al Qaeda alertaram nesta segunda-feira sobre novos ataques à capital, um dia após a morte de pelo menos 30 pessoas numa onda de atentados a bomba e tiroteios coordenados que expuseram a fragilidade dos progressos na segurança de Mogadíscio.

Tropas de paz africanas bloquearam ruas e fizeram buscas em casas em toda a cidade na madrugada desta segunda-feira para expulsar supostos membros do grupo militante islâmico Al Shabaab, que assumiu a responsabilidade pelos ataques.

Mas os rebeldes alertaram para mais ataques e insultaram o governo de Mogadíscio, que rotulam como fantoche do Ocidente, a respeito das dificuldades de garantir a segurança da cidade, em um momento em que o país luta para sair de mais de duas décadas de conflito e de anarquia.

“As explosões de ontem eliminaram os sonhos do governo fantoche. Mais ataques letais estão vindo”, disse o xeque Abdiasis Abu Musab, porta-voz das operações militares da Al Shabaab, à Reuters por telefone.

No domingo, pelo menos um carro-bomba explodiu e vários homens-bomba detonaram seus explosivos em frente a tribunais de Mogadíscio, enquanto homens armados invadiram o complexo judiciário disparando para todos os lados. Duas horas depois, um outro carro-bomba foi detonado perto do aeroporto da cidade.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!