Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Militantes do Paquistão atacam autocarro e hospital e fazem 12 mortos

Militantes no Paquistão bombardearam um autocarro que transportava estudantes universitários, este Sábado (15), e, em seguida, tomaram parte do hospital para onde foram levados os sobreviventes do ataque, matando pelo menos 12 pessoas e deixando 19 pessoas feridas.

Os homens armados em Quetta, capital da província do Baluchistão atormentada pela violência sectária, estavam escondidos na ala de emergência de um hospital.

As imagens de televisão mostraram forças de segurança que cercam o complexo médico Bolan e um helicóptero. O ataque foi o mais letal do Paquistão desde que o governo do primeiro-ministro Nawaz Sharif assumiu o cargo, semana passada.

A explosão inicial destruiu o autocarro, matando 11 alunas e outra explosão ocorreu logo depois no hospital, o maior da cidade. Imagens de televisão mostraram pessoas a fugirem do prédio em pânico.

Um alto funcionário do governo local foi morto no ataque no hospital, informou a rede de televisão estatal.  O chefe da polícia da cidade, Mir Zubair Mehmood, afirmou à Reuters que os alunos no autocarro eram de vários grupos étnicos, incluindo a minoria hazara, que tem sido alvo de uma série de atentados este ano.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!