Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Milhares de alunos aprendem a ler e escrever em Nampula

Pouco mais de 20 mil alunos da 2ª e 3ª classes, provenientes dos distritos de Murrupula, Monapo e da cidade de Nampula, estão a beneficiar, desde Julho deste ano, de um projecto denominado Aprender a Ler (ApaL), financiado pelo Governo dos Estados Unidos da América em parceria com o Ministério da Educação de Moçambique.

Decorrem, simultaneamente, actividades que visam melhorar as habilidades de leitura dos professores e directores das escolas de modo a garantir que os seus alunos consigam, em pouco tempo, aperfeiçoar as matérias transmitidas na sala de aulas, o que, por conseguinte, vai repercutir, no melhoramento de leitura das crianças.

Rick Burns, representante da USAID em Moçambique, disse que programa ApaL inclui a formação e acompanhamento dos professores das classes acima indicadas em matérias baseadas na fonética.

O director provincial da Educação e Cultura de Nampula, Raúl Nhamumwe, disse que maior parte das crianças desta região do país enfrenta inúmeras dificuldades de leitura e pronúncia de palavras em língua portuguesa.

Cidália Chaúque, governadora da província de Nampula, disse que a expectativa é ver mais alunos a saberem ler e escrever. Refira-se que este é o primeiro projecto do género em Moçambique e implementado nas províncias com maior número de escolares, Nampula e Zambézia.

Em 2013 e 2014 serão abrangidas 46 mil crianças da 2ª e 3ª classe em 120 escolas. Prevê-se que até 2015, o número de beneficiários aumente para 860 mil alunos do primeiro grau.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!