Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Michel Temer tomou posse como Presidente do Brasil após “impeachment” de Dilma

Michel Temer tomou posse nesta quarta-feira no Congresso Nacional como novo Presidente do Brasil, cargo alcançado após a concretização do impeachment (destituição) de Dilma Rousseff, decidido horas antes pelo Senado.

“Prometo manter, defender e cumprir a Constituição da República, observar as suas leis, promover o bem geral do povo brasileiro e sustentar a união, a integridade e a independência do Brasil”, disse Temer, que era vice de Dilma e a substituiu interinamente no dia 12 de Maio, quando a membro do partido dos Trabalhadores foi afastada das suas funções.

Temer governará até o dia 1º de Janeiro de 2019, quando expira o mandato para o qual Dilma Rousseff havia sida reeleita em Outubro de 2014.

Na mesa do Congresso, Temer foi acompanhado pelos presidentes do Senado, Renan Calheiros, da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski, que comandou as sessões do processo de impeachment contra Dilma.

No seu caminho rumo à mesa de direção, Temer saudou diversos parlamentares um por um e inclusive chegou a posar com muitos deles para selfies. O acto foi “rápido e simples”, sem discursos, assim como foi feito em 1992 com a posse de Itamar Franco, após o impeachment de Fernando Collor de Mello.

Horas antes, no mesmo plenário, o Senado tinha concluído o julgamento político contra Dilma Rousseff, que foi considerada culpada de diversas irregularidades fiscais e condenada com a destituição por 61 votos a favor e apenas 20 contra.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!