Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Mexer já mexe com os “leões” de Portugal!

O Sporting Clube de Portugal, que, desde os tempos idos, se assume como destino de maior incidência dos futebolistas moçambicanos, assegurou, ante-ontem, para as suas fileiras, o concurso de Edson Sitoe (popularmente conhecido por Mexer nos abastidores despor tivos), estrela emergente do futebol moçambicano.

Com apenas 21 anos de idade, 1.89 metro de altura e 79 kg de peso, 14 internacionalizações pelos Mambas (onde é titular indiscutóvel), vencedor, pelo Desportivo de Maputo, do campeonato nacional e da Taça de Moçambique , em 2006, e da Super Taça em 2007, Mexer reune excepcionais aptidões, sobretudo, de natureza físico-técnica, para vingar no futebol lusitano. Desde que lhe sejam proporcionadas as necessárias condições de aclimatação e integração no (ainda) conturbado plantel leonino.

Estamos, pois, convencidos de que, com a contratação do jovem e talentoso defesa-central “alvinegro”, o Sporting lisboeta logrará, finalmente, colmatar quinhão substancial das lacunas que a sua equipa tem denunciado de forma clamorosa. As brilhantes actuações de Mexer, principalmente ao serviço da selecção nacional de futebol, suscitaram a cobiça de vários clubes estrangeiros, tendo o Sporting de Portuigal ganho a corrida mercê da oferta de 250 mil dólares pelo passe do jogador (que superou em 50 mil dólraes a proposta do Sundowns, da África do Sul), além de outras diversas e aliciantes benesses a conceder ao atleta.

Segundo revelação do presidente da direcção do Desportivo de Maputo, Michel Grispos, no âmbito da contratação de Mexer, existem perspestivas do clube de Alvalade apoiar a colecvtividade moçambicana na construção de um Centro de Viveiro de Futebolistas em Maputo, com suporte científico monitorizado por tecnicos portugueses da especialidade. A nova aquisição sportinguista segue hoje, quarta-feira, poara Lisboa, a fim de ser submetido aos testes médicos obrigatórios, que antecederão a assinatura do vínculo contratual com o novo clube.

Ainda esta semana, deveráo seguir com o mesmo destino, um outro defesa-central do Desportivo de Maputo, Zainadine Júnior. Abre-se, asim, uma nova página (que auguramos auspiciosa) da “exportação” de futebolistas moçambicanos para o mercado português, particularmente para as hostes do Sporting Clube de Portugal, onde, em tempos, escalaram Paíto, Gonçalves Fumo, Chiquinho Conde, Tico- Tico,Calton Banze, Ali Hassane.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!