Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Metical aprecia-se em 3,22% face ao USD

A divisa moçambicana, o Metical, registou, na primeira quinzena de Dezembro corrente, uma apreciação de 3,22%, face ao USD, confirmando-se, desta forma, a prevalência do chamado fenómeno de guerra cambial das moedas mais fortes no mercado internacional.

O fenómeno visa corrigir, por parte de alguns países, os seus défices comerciais e melhorar a sua competitividade, “desvalorizando deliberadamente as suas moedas”, segundo o governador do Banco de Moçambique, Ernesto Gove, facto que mostra que a tendência das moedas mais fortes no mercado internacional é “cada vez mais incerta”, de acordo ainda com Gove.

A apreciação do Metical no período em análise contribuiu para a desaceleração da depreciação acumulada e anual da moeda para 24,4% e 25,0%, respectivamente, face ainda à divisa norte-americana.

Por seu turno, a taxa de câmbio do Metical face ao USD praticada pelos bancos comerciais nas suas operações com o público recuou para 11,7%, no fecho da quinzena anterior, em termos da variação acumulada registada desde o início do ano de 2010, sucedendo o mesmo com a variação anual que decresceu para 11,4%, segundo o Banco de Moçambique.

O spread entre a taxa de câmbio do Mercado Cambial Interbancário e a taxa média dos bancos comerciais nas suas operações com o público foi negativo na magnitude de 0,09%, após um diferencial negativo de 0,06% na quinzena anterior, enquanto o diferencial entre a taxa de câmbio média praticada pelos bancos nas suas operações com o público e as Casas de Câmbio aumentou para 4,8%, após 2,5% na quinzena anterior de Novembro de 2010.

Euro & Rand O Metical, relativamente ao Euro e ao Rand, registou na primeira quinzena de Dezembro corrente uma apreciação nominal de 0,5% e depreciação nominal de 2,42%, respectivamente, relativamente ao fecho da segunda quinzena do mês de Novembro de 2010.

Com estas variações, o Metical registou perdas nominais, em termos acumulados, de 15,3% e 35,8% em relação ao Euro e ao Rand, respectivamente, até 15 de Dezembro de 2010, enquanto em termos de variação anual, a moeda nacional registou, no mesmo período, uma depreciação de 12,4% e 38,0% em relação ao Euro e Rand, respectivamente.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!