Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Melhoram relações comerciais Moçambique-EUA

As relações económicas entre Moçambique e os Estados Unidos da América (EUA) melhoraram substancialmente em 2008, ano em que o comércio bilateral entre os dois países totalizou 229 milhões de dólares norte-americanos.

Segundo um comunicado de imprensa da Embaixada norte-americana em Maputo, durante o ano passado, as exportações dos EUA para Moçambique totalizaram 213 milhões de dólares, um incremento de 86 por cento em relação a 2007.

Os bens norte-americanos mais vendidas para Moçambique são produtos energéticos, trigo, camiões e tractores.

“As importações de Moçambique pelos EUA foram avaliadas em 16,8 milhões de dólares durante 2008, um incremento de 214 por cento relativamente ao ano anterior, e incluiu minérios de titânio e tântalo, caju e pedras semipreciosas”, lê-se no comunicado da Embaixada dos EUA recebido pela AIM.

A fonte indica que todas as importações moçambicanas entraram naquele país isentas de direitos aduaneiros, no âmbito das leis sobre as disposições de Nação mais favorecida a taxa zero, AGOA, ou o Sistema Generalizado de Preferências.

Terça-feira, o representante do Comércio dos EUA, Ron Kirk, reuniu-se com o Ministro moçambicano da Indústria e Comércio, António Fernando, em Washington, para discutir formas de incrementar o comércio e o fluxo de investimentos entre os dois países.

O encontro aconteceu no âmbito da segunda reunião de alto nível sob o Acordo do Quadro de Comércio e Investimentos (TIFA), assinado em 2005.

A reunião de um dia do Conselho do TIFA incluiu discussões sobre o comércio bilateral Moçambique-EUA, execução da Lei de Crescimento e Oportunidades (AGOA), as negociações da Organização Mundial do Comércio de Doha, actividades de desenvolvimento de capacidades na área do comércio, bem como medidas para melhorar o ambiente do comércio bilateral entre os dois países.

“A Administração Obama está empenhada numa forte parceria com os países africanos sobre comércio”, disse na ocasião Kirk, acrescentando que “sabemos que a expansão do comércio pode dar um importante contributo para fomentar o crescimento e reduzir a pobreza em África”.

Moçambique é um dos 11 países africanos e organizações regionais com os quais os Estados Unidos da América estabeleceram o TIFA.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!