Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Melhora situação nutricional em Cabo Delgado

A situação nutricional está a melhorar na província de Cabo Delgado, Norte de Moçambique, visto que os índices de baixo peso a nascença (BPN) e crescimento insuficiente (CI) diminuíram consideravelmente.

Sem se referir aos actuais níveis, o Governador provincial, Eliseu Machava, disse que os índices do BPN e CI caíram, no ano transacto (2012), em 2,2 e 0,3 por cento, respectivamente, quando comparados com os de 2011.

Falando na sequência da visita de trabalho de oito dias que o Presidente Armando Guebuza realiza a Cabo Delgado, desde a passada Quinta-feira, Machava disse que o sucesso resulta de vários factores que concorrem para a garantia da segurança alimentar na província.

Com efeito, segundo a fonte, Cabo Delgado tem vindo a aumentar a produção alimentar, bastando destacar, a título de exemplo, que a província produziu, em 2012, um total de 2.617.958 toneladas de culturas alimentares diversas, contra 2.481.179 toneladas da campanha 2010/11.

Segundo Machava, a produtividade tem também se evidenciado nesta matéria. A mandioca passou dos anteriores sete para 9,2 toneladas por hectare (ton/ ha), o arroz de 1,2 para 2,5 ton/ha, o milho de 1,5 para 2 ton/ha, e feijões de 0,6 para 0,8 ton/ha. As autoridades desta província destacam ainda o incentivo a produção familiar.

Só em 2012, foram assistidos 32.307 produtores em tecnologias de gestão de água, solo, acções pós-colheita e controlo sanitário. A rede de extensionistas também aumentou de tal forma que o rácio extensionista/produtor passou de 1/398, em 2011, para 1/308, em 2012.

Até momento, o Posto Administrativo das Quirimbas é o único que ainda não possui os serviços de extensão rural. Cabo Delgado possui 56 postos administrativos.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!