Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Médica moçambicana condecorada pela França

médica moçambicana, Lina Cunha, foi, esta quinta-feira, condecorada com a medalha “Ordem Nacional de Mérito” pelo embaixador da França em Moçambique, Christian Daziano, em reconhecimento ao seu percurso e ligações particulares com aquele país europeu, sobretudo na área da saúde. Segundo um comunicado de imprensa recebido pela AIM, esta medalha vem recompensar também o trabalho e esforços evidenciados por Cunha em prol do desenvolvimento da saúde em Moçambique.

Cunha formou-se em medicina na Universidade Eduardo Mondlane (UEM), a maior e mais antiga instituição do ensino superior no país, tendo completado a sua formação em França, país onde prestou serviços junto ao Centro Hospitalar Universitário de Poitiers. Regressado a Moçambique, Cunha trabalhou na maior unidade hospitalar de Moçambique, o Hospital Central de Maputo (HCM), onde desempenhou as funções de directora da Unidade Endoscopia Digestiva, directora Clínica do HCM e directora do novo serviço de Gastrenterologia, de 2001 a 2009.

“O novo serviço recentemente inaugurado fez com que o HCM passasse a dispor de uma nova infra-estrutura financiada pela Agencia Francesa de Desenvolvimento, em cerca de 500 mil euros, lê-se no comunicado.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!