Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Matrícula para a 1a classe inicia a 01 de Outubro, é gratuita e vai durar três meses

Arranca, nesta quarta-feira (01), em todo o território moçambicano, o processo de matrículas para a 1ª classe, ou seja, para todas as crianças (rapazes e raparigas) que completam seis anos de idade até Dezembro de 2015, ou as que não foram inscritas nos anos anteriores, desde que tenham idade inferior a 15 anos, anunciou, nesta terça-feira (30), o Mistério da Educação (MINED).

De 01 de Outubro a 31 de Dezembro próximo, o MINED prevê-se inscrever 1.294.247 novos ingressos. Esta instituição do Estado adverte que nenhuma criança deve ser impedida de se matricular por falta de Cédula Pessoal ou outro documento de identificação.

Eurico Banze, porta-voz do MINED, explicou que o processo de matrículas irá decorrer em 12.044 escolas primárias. No ano passado, as inscrições decorreram em 11.753 estabelecimentos de ensino.

Ele disse que a inscrição é gratuita, deve ser aceite mesmo que a criança não tenha documento de registo e o processo individual será adquirido e disponibilizado pela escola.

O MINED apela aos pais e encarregados de educação para que se dirijam mais cedo aos estabelecimentos de ensino com vista a efectuarem a matrícula. Por sua vez, as autoridades locais devem envidar esforços para informar a população que matriculem as crianças com idade escolar.

“As escolas devem facilitar o processo de matrículas organizando-se devidamente e facultando toda a informação que as populações solicitem, incluindo as metas definidas para a escola”, apelo Eurico Banze. Este esclareceu que caso as escola mais próxima da área de residência do petiz por inscrever tenha atingido as metas os pais e encarregados de educação devem dirigir-se à escola seguinte. “E que nenhuma criança deverá ficar fora por falta de vaga”.

Segundo Banze, para contornar o facto de os petizes estudarem sentado no chão, o MINED vai disponibilizar 150 milhões de maticais para a compra de carteiras.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!