Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Marrabenta volta a “marrabentar” em Moçambique!

Realiza-se, de 28 de Janeiro a 12 de Fevereiro, a 3ª Edição consecutiva do Festival Marrabenta 2010, sob o lema “ Marrabenta Presente, Passado e Futuro”. Segundo um comuninicado recebido o Centro Cultural Franco-Mocambicano vai ser novamente o palco da estreia deste evento cultural que reacende os ritmos e sons da música tradicional moçambicana. Para além de Maputo, o Festival vai realizar-se também na cidade da Matola, Vila de Marracuene – no famoso Gwaza Muthine, Matalene – Chibuto e Chokwé.

A Marrabenta é um Património Cultural Nacional e com esta perspectiva a empresa Logaritimo Producões decidiu criar um Festival que aglutinasse a parte significativa do seu percurso histórico musical moçambicano denominado Festival Marrabenta.

O objectivo é prestar a devida homenagem aos artistas que, ao longo de anos, têm contribuído para que a Marrabenta se torne naquilo que toda a sociedade reconhece: Património Cultural Moçambicano. O Festival celebra anualmente os grandes momentos que marcaram a história da Marrabenta, procurando compreender ompreender o percurso da música popular urbana e seus conteúdos. Documenta também os depoimentos dos astros percursores da Marrabenta, para que os seus feitos não desapareçam e se continue a aproximar gerações vindouras.

Com um elenco de luxo, a programação aposta nos astros da Marrabenta Dilon Ndjindji, Xidiminguana, António Marcos, Conjunto Djambo, Banda Real, Joana Coana, Cecília Ngwenya e Banda Marracuene, Helena Nhantumbo, Mário Ntimana, Narciso Macuácuá, Alberto Mula, Tomás Urbano, João Bata, Ernesto Dzevo, Alberto Mutcheca, Vítor Bernardo, o jovem Ta-Basily, reafirmando a procura de promessas musicais.

Todos os trabalhos resultantes deste Festival vão ser partilhados com o público, em formato audiovisual, numa perspectiva de resgatar a Marrabenta desde o ensino e aprendizagem, à troca de experiências.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!