Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Maputo vai celebrar o Tonota com Jimmy Dludlu

O guitarrista e músico moçambicano radicado na vizinha África do Sul, Jimmy Dludlu, está, desde Quinta-feira, na capital do país, Maputo, a fim de celebrar com os moçambicanos o prémio da South Africa Music Awards (SAMA) na categoria de “Melhor Álbum Jazz 2012” ganho pelo seu mais recente trabalho “Tonota in the Groove”.

 

 

Em conferência de imprensa levada a cabo pela empresa de telefonia móvel Vodacom, por sinal patrocinadora do espectáculo marcado para esta Sexta-feira no Coconuts a partir das 21h30min, Jimmy Dludlu disse que sentiu-se muito orgulhoso por receber o prémio.

Mas a verdadeira razão desse orgulho é o facto de ter sido destacado no meio de incontornáveis fazedores do Jazz em África que também mereciam o prémio.

“Este disco, representa o tributo ao povo de Tonota, uma aldeia do Botswana, local que me acolheu nos anos 80, local onde me exilei durante muito tempo e tive inclusive a minha primeira filha, a Tapiwa” proferiu.

Jimmy, alegre e brincalhão mas também homem de meias palavras, disse que vem a Moçambique para não só agradecer ao povo moçambicano por tudo que lhe tem feito e oferecido, mais recentemente por lhe ter felicitado pelo prémio através de mensagens que choveram quer no seu telemóvel como em outros meios de comunicação, mas também para estar em casa e sentir o calor dos seus irmãos.

O show terá lugar hoje a partir das 21h30 no Coconuts e conta com patrocínio oficial da Vodacom.

Jimmy Dludlu e o “Tonota”

O álbum “Tonota” foi lançado em Maputo a 30 de Setembro do ano passado.

O mesmo, é nome de uma aldeia no Botswana onde Jimmy passou parte de sua vida e lá, fez parte de sua história.

“Tonota in the Groove” é um tributo ao carinho e hospitalidade do povo daquela aldeia que dispensou ao consagrado artista e é composto por 15 faixas que para além de contarem a sua história naquela aldeia, elevam a moçambicanidade com cânticos populares das zonas interiores do país.

Jimmy Dludlu nasceu em Moçambique concretamente em Zavala e entrou para o mundo da música na década 70 imitando músicas do cantor e compositor moçambicano Wazimbo.

Por motivos alheios, deixou o país na década 80 e rumou por vários países da região austral de África tendo se instalado em Botswana na aldeia de Tonota onde conheceu a Nomsa e fruto desse amor, gerar a Tapiwa sua primeira filha.

Rumou logo a seguir para a África do Sul onde licenciou-se em música. Em 1999 entra para o estrelato com o seu esplêndido álbum “echoes from the past” que também relata a parte da sua infância.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!