Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Maputo acolhe o 7º Festival Marrabenta

Maputo acolhe entre os dias 31 de Janeiro e três de Fevereiro o 7º Festival Marrabenta, que irá escalar o Centro Cultural Franco-Moçambicano – na noite da inauguração – e o distrito de Marracuene. Mas antes, amanhã, 28, a partir das 18 horas, será feita a apresentação da pesquisa sobre a origem e a evolução da Marrabenta pelo ARPAC.

O Festival Marrabenta decorre todos os anos desde 2008, com o objectivo de contribuir na preservação e promoção da cultura moçambicana. O evento é organizado pelo Laboratório de Ideias, uma espécie de agência de eventos culturais.

Além da música feita por artistas locais, nesta edição aglutinou-se ao festival workshops a fim de garantir alguma interacção entre diversos fazedores das artes. Com a participação de artistas que representam todas as gerações da música moçambicana, o festival promete fazer a diferença desde a fusão de cores, energia, até aos ritmos tipicamente nossos.

Neste evento irão participar artistas como Dilon Djindji, o conjunto Djambo 70, Xidiminguana, Neyma Alfredo, Wazimbo, Mingas, Stewart Sukuma, Mr Bow, MC Roger e DJ Ardiles.

O Festival Marrabenta será antecedido por eventos paralelos como, por exemplo, a apresentação dos resultados da pesquisa intitulada “Marrabenta: origem e evolução”, que é organizado pelo Instituto de Investigação Sócio-Cultural, ARPAC. A iniciativa terá lugar no Centro Cultural Franco-Moçambicano, a partir das 18 horas.
De igual modo, no dia 31 de Janeiro, no Gil Vicente, Carlos Gove e Jorge Domingos vão fazer um intercâmbio musical, entorno dos seus trabalhos discográficos, respectivamente, “Massone” e “Marrabenta Rio”.

De referir que o evento de estreia terá lugar no dia 31 de Janeiro no Centro Cultural Franco-Moçambicano a partir das 20 horas. No dia dois de Fevereiro terá o tradicional Comboio Marrabenta que irá escalar o distrito de Marracuene na tradicional festa de Gwaza Muthini.

 

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!