Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Manuel de Araújo diz que só se recandidata se for da vontade dos munícipes

O edil de Quelimane, na Zambézia, centro de Moçambique, Manuel de Araújo, revela a sua vontade de se recandidatar nas próximas eleições autárquicas, a terem lugar no dia 20 de Novembro próximo, mas adianta que só o fará se for da vontade dos munícipes daquele autarquia.

De Araújo diz ter a certeza de que as suas realizações, apesar de pouco tempo na liderança, poderão influenciar positivamente no desejo dos munícipes de o reconduzir à presidência do Conselho Municipal. Sobre os seus feitos prefere destacar os avanços no sector de infra-estruturas onde diz ter conseguido em pouco tempo de governação acabar com as fissuras nas estradas que quase transformavam Quelimane “em capital de buracos”.

Neste sector, revela que o município fez um investimento próprio de mais de 100 milhões de meticais, mas também há a destacar os fundos provenientes dos parceiros de cooperação. “Temos fundo de estradas proveniente dos impostos de transporte que actualmente rondam entre 20 e 30 milhões de meticais, com o qual conseguimos cobrir a reabilitação de entre três e quatro quilómetros das vias”.

Por outro lado, o edil fala da criação de um bom ambiente de trabalho naquele autarquia. Diz ele que como resultado dessa acção os investidores já começaram a fluir. “Agora a grande dificuldade é encontrar espaço para acomodar novos investimentos.”

De Araújo diz ainda que o município conseguiu sanar as dívidas que tinha quando ele foi eleito, em meados de 2012. “ …encontrámos o município desfalcado, os funcionários desanimados porque ficavam três a quatro meses sem receber seus salários.” Sem avançar número, fala da estabilização das receitas que está a dar suporte a um plano amplo de investimento na área de infra-estruturas.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!