Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Manifestantes na Swazilândia exigem novo governo

Cerca de dez mil manifestantes marcharam pacificamente na capital da Swazilândia, na passada sexta-feira, exigindo a demissão do Primeiro-Ministro, Sibusiso Dlamini, afirmou um grupo Pró-democracia. A Rede de Solidariedade da Swazilândia disse que o comício em Mbabane incluíu estudantes e enfermeiros, relatou, sábado, a Rádio Internacional da França.

A pobre nação é governada pelo rei Swati III por um quarto dum século. O rei aufere, de forma declarada, $100 milhões, embora os sálarios mínimos estejam abaixo de $1 por dia.

As reclamadas demissões dos trabalhadores do governo incitaram a marcha de protesto que terminou no gabinete do Primeiro-ministro. Os manifestantes exigiram um novo gabinete, assim como um novo Primeiro-Ministro.

Entretanto o rei Mswati III, em resposta a esta manifestação, afirmou que o povo swazi deve “trabalhar mais e fazer mais sacrifícios” em vez de protestar contra os cortes orçamentais que o governo tem vindo a implementar. “Nós temos que trabalhar ainda mais e fazer mais sacrifícios para um amanha melhor” escreveu a publicação governamental, Observer, citando o monarca.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!