Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Manica: desmantelada rede de roubo de medicamentos

As autoridades policiais em Manica, Centro de Moçambique, desmantelaram uma rede de roubo de medicamentos e detiveram três enfermeiros que estavam a desviar fármacos do respectivo hospital provincial.

O grupo desviava os fármacos do circuito oficial do Sistema Nacional de Saúde para alimentar o mercado informal, incluindo farmácias que operam de forma clandestina. Outros medicamentos eram usados pelo grupo para receitar os pacientes que procuravam os seus serviços em residências.

Na operação, a polícia recuperou mil comprimidos de Paracetamol, 100 frascos de penicilina, 18 caixas de Paracetamol oral, 17 caixas de Coartem (usado no tratamento da malária) e outros produtos farmacêuticos, como ligaduras. Segundo Alberto Bassiquete, oficial de imprensa no Comando da PRM de Manica, citado pela Rádio Moçambique, os medicamentos eram transportados em sacos.

“Detivemos três enfermeiros que estavam em serviço no hospital provincial após recebermos uma denúncia de saída ilegal de medicamentos. Eles usavam a capa de funcionários para desviar medicamentos e alimentar o mercado informal” explicou Bassiquete. Bassiquete disse que a policia está a fazer investigações para travar a onda de desvio de medicamentos no Sistema Nacional de Saúde. Vários funcionários de Saúde em Manica já foram expulsos, acusados de envolvimento em esquemas de roubo de medicamentos.

Recentemente, a polícia da província apreendeu 13 caixas contendo vário material médico que ia ser contrabandeado para a vizinha República do Malawi, tendo ainda detido pelo menos uma pessoa, mas a polícia nunca tinha anunciado a proveniência dos medicamentos. Em Moçambique, vários tipos de medicamentos são desviados dos depósitos de medicamentos dos hospitais públicos e comercializados nos mercados informais. Praticamente, a venda ilegal de medicamentos ocorre impunemente em Chimoio, a capital de Manica, tal como em outros cantos do país.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!