Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Manchester United-Arsenal: clássico inglês nas semifinais da Liga dos Campeões

O Manchester United, defensor do título da Liga dos Campeões, enfrentará o Arsenal no seu estádio de Old Trafford nesta quarta-feira.

Não se sabe se o Arsenal enfrentará um Manchester que vem de marcar cinco gols no Tottenham em apenas meia hora, pelo Campeonato Inglês (5-2), ou se terá pela frente a equipe frágil do primeiro tempo desse mesmo encontro.

Este ano a equipe de Sir Alex Ferguson tropeçou diante dos grandes. Perdeu duas vezes com o Liverpool e em outubro perdeu no Emirates Stadium, na melhor apresentação dos Gunners nesta temporada.

Já o Arsenal não perdeu um único jogo com os outros integrantes do denominado “Big Four” (Manchester, Liverpool e Chelsea) e está invicto no campeonato inglês desde novembro de 2008. O Arsenal foi finalista em 2006, perdendo a final para o Barcelona, que enfrentará o também inglês Chelsea na outra semifinal da Liga dos Campeões.

A equipe de Arsène Wenger também foi finalista em 1970, 1980, 1994, 1995 e 2000. Mas o Manchester United é experiente, chegando a sua terceira final consecutiva sem nunca ter sido eliminado por outra equipe inglesa, além de não perder a 23 jogos na Champions.

Apesar desses dados, as equipes nunca se enfrentaram numa Liga dos Campeões, mesmo sendo Manchester-Arsenal um clássico do futebol inglês e mundial.

Entre Alex Ferguson e o técnico Gunner Arsène Wenger há uma rivalidade histórica, mas, em público, ambos mostram um respeito recíproco. Mas os desfalques são os maiores problemas do Arsenal, que não terá os franceses William Gallas, que lesionou-se num dos joelhos nas quartas-de-final, e o lateral Gaël Clichy, com fortes dores nas costas, deixando para o novato Kieran Gibbs a tarefa de marcar Cristiano Ronaldo. O meio campista Andrei Arshavin não jogará por já ter atuado por seu ex-clube, e o artilheiro holandês Robin Van Persie, com uma lesão nos adutores.

O Manchester, ao contrário, não tem problemas. Mas o atacante Wayne Rooney e o lateral senegalês Patrice Evra poderão perder o jogo da segunda mão se receberem um cartão amarelo nesta quarta-feira.

Entre os londrinos, os franceses Abou Diaby e Samir Nasri e o camaronês Alex Song, também estão pendurados.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!