Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Mamparra of the Week, Jorge Khalau

Mamparra of the week: Saqueadores do Estado moçambicano

Meninas e Meninos, Senhoras e Senhores, Avôs e Avós

O mamparra do ano é, e sem muitas margens de dúvidas, Jorge Khalau, o comandante geral da Polícia da República de Moçambique (PRM) por tudo quanto prometeu e não cumpriu.

Khalau, o Jorge, é uma figura que dispensa apresentações, sobretudo quando decide dar a sua cara e voz nas televisões, para diante daqueles que lhe pagam os salários – os contribuintes – prestar declarações que em nada abonam a instituição que se supõe garantir a ordem e a tranquilidade pública.

A PRM, sob a direcção do polícia número um do país, continua a “ver navios” no que tange ao fenoméno dos raptos apesar de Khalau já ter enchido a boca várias vezes, dizendo que eles “tinham dias contados” Que dias contados são esses que a partir de 2011 deixaram a família moçambicana mais insegura?

Desde 2011 que a onda de raptos ou sequestros galopa quase que impunemente nas principais cidades do país e as autoridades policiais não estão a apresentar à sociedade resultados cabais da ‘luta’ contra esse fenoméno.

Não é saudável e inteligente que a PRM continue a ter Khalau como figura de topo da corporação da Polícia e afins e apareça em público a fazer promessas que não irá cumprir. Khalau está em verdadeira crise de esgotamento de ideias.

Não é preciso ser sábio e nem sabichão para perceber que o comandante geral da PRM, não tem sido sério.

É o cúmulo da arrogância a passear, sem freios, a sua classe.

Alguém tem que pôr um travão neste tipo de mamparrices.

Mamparras, mamparras, mamparras.

Até para a semana, juizinho com votos de feliz Natal e um próspero ano novo!

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

error: Content is protected !!