Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

“Mambas” estreiam-se e dizem adeus a Taça Cosafa

A selecção nacional de futebol de Moçambique estreou-se neste domingo(19) na Taça Cosafa com uma derrota diante da República Democrática do Congo que ditou a sua eliminação da prova regional. O objectivo do “Mambas”, vice-campeões em 2015, era conquistar o troféu.

Mais uma prova e mais uma eliminação da selecção moçambicana, desta vez os “Mambas”, graças a boa campanha na prova de 2015 que culminou com um 2º lugar, até foram poupados às fases preliminares e entraram directamente para os quartos-de-final da prova que decorre na Namíbia.

Uma cabeçada de Nelson Munganga (minuto 37), na sequência de um pontapé de canto, decidiu o destino, já habitual, da principal selecção de futebol de Moçambique que depois de ter sido eliminada do apuramento para o CAN Interno e para o Mundial de futebol, e estar apenas a cumprir o calendário da qualificação para o Campeonato Africano das Nações, tinha nesta competição, entre equipas da África Austral, a salvação de mais uma temporada desastrosa.

Moçambique vai agora terminar a competição disputando a 5ª posição do torneio.

A justificação, há sempre uma boa, será a ausência de jogadores fundamentais como Dominguez, Witi e Mexer cujos clubes não os libertaram para esta prova que não faz parte do calendário da Federação Internacional de Futebol (FIFA).

A selecção da República Democrática do Congo, que entrou para o torneio como convidada, após vencer o CAN Interno, vai enfrentar nas meias-finais o Botswana que eliminou os anfitriões e campeões em título.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!