Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Maldita cólera está em Milange

Depois de ter eclodido em Lioma e tendo feito 16 vítimas mortais ate agora contabilizadas, a cólera já está em progressão e neste momento assola o distrito fronteiriço de Milange na Zambézia.

Informações dadas pelo director provincial de Saúde na Zambézia, Armindo Tonela, dão conta que neste momento, estão internadas cerca de 20 pessoas no posto administrativo de Mulumbo, distrito de Milange. Tonela diz não haver vítimas mortais até agora, mas assegurou que a doença, ou seja, os primeiros casos da doença começaram a serem registados no último sábado e neste momento, equipas do seu sector estão no terreno para encontrar soluções convista a travar a doença.

Clima de medo aínda reina em Lioma

Mesmo depois do governador da Zambézia, Francisco Itai Meque ter ordenado que esta segunda-feira, a vida deveria voltar ao seu normal, este apelo nem sequer é visto na prática. Éque depois dos tumúltos ocorridos em Lioma, baseados na desinformação sobre a propagação da cólera, tudo ficou paralisado naquele posto. Escolas fechadas, comércio longe da vila, até administração do posto teve que encerrar as portas com o medo da fúria popular.

Como consequência destes actos, morreram quatros pessoas, sendo activistas de saúde, régulos e secretários dos bairros, como sendo estes que em coordenação com o governo estariam a expalhar a cólera. Mesmo assim, as autoridades dizem que a vida voltará a normalidade.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!