Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Major das FADM detido na posse de obuses

Um major na reserva das Forças Armadas de Defesa de Moçambique (FADM) está detido nas celas da Brigada Técnica de Investigação (BTI), na cidade da Beira, na província central de Sofala, por ter sido encontrado na posse de obuses de vários tipos de armas. O Major em referencia foi surpreendido em flagrante com estas peças de artilharia na ponte sobre o Rio Save, a caminho de Maputo, tendo sido detidos outros dois indivíduos em conexão com o caso, sendo um ex-militar e um funcionário da empresa Telecomunicações de Moçambique (TDM), em Chimoio, província de Manica.

Fonte do comando provincial da Policia mocambicana (PRM) em Sofala, citada pelo “Diário de Moçambique”, disse que o major e seus dois companheiros foram detidos cerca das 14 horas locais do dia 24 de Novembro num dos postos de controle da ponte sobre o Rio Save, quando tentavam passar com os obuses para Maputo, capital do pais. A fonte não se referiu à quantidade do material militar apreendido nem à marca e matrícula do carro em que seguiam.

Mateus Masibe, chefe de secção de imprensa no departamento das relações públicas naquele comando provincial, explicou que o major disse que o material militar apreendido tinha sido retirado numa das antigas bases militares algures no distrito de Muanza. “O major diz que adquiriu os obuses das mãos de um grupo de desmobilizados de guerra em Samacueza, os quais indicaram-lhe o local onde se encontrava escondido”, explicou Masibe, acrescentando que o major alega que transportava os obuses para os entregar ao Conselho Cristão de Moçambique, no âmbito do Programa Armas por Enxadas.

“Atendendo e considerando que se tratava de material bélico, as forças posicionadas no Save apreenderam os obuses e detiveram e encaminharam os três implicados para a cidade da Beira, para mais investigações em busca da verdade sobre o caso” , referiu Masibe. A polícia, segundo Masibe, suspeita que o major e seus comparsas tencionavam extrair mercúrio para posterior comercialização.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!