Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Mais de meia dezena de migrantes africanos socorridos ao largo de costas espanholas

Pelo menos 63 migrantes originários da África do Norte e de países subsarianos foram socorridos segunda-feira por guardas costeiros espanhóis e transferidos para um hospital da Cruz Vermelha da cidade de Motril, na costa sudeste da Espanha.

Duas mulheres grávidas entre os 63 migrantes foram admitidas com urgência no Departamento de Ginecologia e Obstetrícia do Hospital de Santa Ana de Motril para controlo, enquanto uma terceira pessoa que sofre de dores severas numa perna foi internada nos Serviços de Emergência.

Os outros migrantes, dos quais sete crianças de tenra idade e 14 mulheres, estavam em bom estado de saúde apesar de algumas dores musculares devido à travessia a partir das costas marroquinas. Os guardas costeiros espanhóis interceptaram segunda-feira à tarde no mar de Alboran, entre as costas mediterrânicas marroquinas e espanholas, duas embarcações com, respetivamente, 11 e 52 migrantes africanos a bordo.

A primeira embarcação, com 11 migrantes originários da África do Norte, foi interceptada pelo navio de salvamento marítimo Polimnia a 12 milhas náuticas da cidade marroquina de Al Hoceima.

A segunda embarcação foi socorrida quando ela estava a 36 milhas náuticas a sul da cidade espanhola de Motril com 52 pessoas a bordo, das quais sete crianças em tenra idade e 16 mulheres.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!