Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Mais de 21 mil pessoas padecem de malária em Nampula

De Janeiro a Fevereiro do ano em curso, o sector da Saúde da cidade de Nampula, província com o mesmo nome, Norte de Moçambique, diagnosticou 21.201 casos de malária, contra 19.268 de igual período de 2012.

Bruge Ruphia, porta-voz do governo da cidade, justificou que este aumento se deveu, em parte, à chuva que veio piorar as condições de saneamento do meio, o que, consequentemente, ditou uma maior procura pelos cuidados médicos por parte da população. As maiores vítimas são crianças de zero a cinco anos de idade e idosos.

A fonte acrescentou que os hospitais Central de Nampula e Geral de Marrere, os centros de saúde 25 de Setembro e de Muhala, são os que mais enfermos têm recebido.

Entretanto, apesar do aumento de pessoas padecendo de malária, o governo local, nas palavras de Ruphia, considera que os munícipes estão a ganhar consciência sobre a necessidade de se precaverem da doença.

Neste contexto, a maior aposta é a continuação da sensibilização das comunidades para que eliminem os charcos e outros locais de produção de mosquitos.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!