Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Mais alfabetizadores para a cidade de Maputo

A Rede Rreflect Moçambique vai formar apartir da próxima semana, monitores nos processo de alfabetização e educação de adultos, com vista a dar cobro ao plano do governo que é de alfabetizar cerca de um milhão de pessoas por ano.

Trata-se de 20 jovens provenientes de diferentes organizações da sociedade cívil, que apartir da próxima semana serão formados em materia de alfabetização, com vista a potenciar os centros de alfabetizaco já existentes na urbe. A formacao vai durar dois dias, com uma carga horária de 10 horas.

O Coordenador Nacional da Rede Reflect Moçambique, José Ferreira disse que com 20 jovens a serem formados, mais de quinhentas pessoas serão alfabetizadas ainda neste ano.

Ferreira disse ainda que para esta fase apenas seis distritos do Município de Maputo é que serão abrangidos, nomeadamente Ka-Tembe, Ka-Pfumo, Ka-Machaquene, Ka-Mubukwane, Ka-Mavota e Ka-Chamanculo, ficando de fora o distrito de Ka-Nhaca.

A formação contempla membros de OSC, que estejam a trabalhar na área de alfabetização e tambem de organizacoes que manifestem interesse de trabalhar neste ramo.

O processo abarca, numa primeira fase, jovens da cidade de Maputo, entretanto Jose Ferreira disse a rede tem uma dimensao nacional e espera-se que até o inicio do próximo ano, a formação venha a ser na escala nacional.

Diferentemente das formações que tem sido feitas, a que a Rede Reflect vai oferecer é baseada nos modelos participativos e democráticos, herdados da filosofia do pedagogo brasileiro, Paulo Freire e também no Diagnostico Rural Participativo (DRP), que é um processo que tende a envolver pessoas excluidas nos processos de tomada de decisão.

A inclusão das pessoas excluidas da sociedade sera feita, em coordenação com as Organizacoes Comunitarias de Base (OCB).

A meta da Rede Reflect Moçambique é alfabetizar dentro do próximo ano, um milhão de pessoas em todo o país, com recurso aos seus metodos.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!