Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Basquetebol: equipas angolanas vitoriosas na 1ªjornada do apuramento para a Taça dos Clubes Africanos

Ferroviário da Beira e Ferroviário de Maputo, em masculinos, e o Ferroviário de Maputo em femininos, estrearam-se com derrotas na 1ª jornada de apuramento, da Zona VI, para a Taça dos Clubes campeões Africanos em basquetebol disputada neste domingo(09) no pavilhão do Desportivo na capital moçambicana. Face a desistência das equipas da África do Sul e do Botswana, em ambos os sexos, o apuramento para está a ser disputado entre as equipas de Moçambique e de Angola.

Em masculinos, os locomotivas do Chiveve apesar de ter deixado uma boa imagem perderam diante do vice-campeão de Angola, Recreativo de Libolo. Foi uma partida em que os pupilos de Luiz Hernandez não conseguiram parar as investidas dos angolanos que vieram a Maputo com o fito de apurar-se para a fase seguinte.

O primeiro período foi dominado pelo Recreativo de Libolo que marcou 13 pontos contra 10 do Ferroviário da Beira. Nesta fase a melhor unidade no conjunto moçambicano foi norte-americano Tyshawn Patterson com cinco ponto e três ressaltos, por sinal os mesmos apontados por Eduardo Mingas do conjunto angolano.

No segundo período, os campeões nacionais mudaram de táctica passando a procurar o jogo exterior, todavia, a defesa à zona dos angolanos não deixava muito espaço para os moçambicanos chegarem a sua tabela. Este período acaba com o resultado de 16 a 13 a favor da equipa de Libolo que saiu ao intervalo a vencer por 29 a 26.

Falta de ritmo trama Ferroviário da Beira

No terceiro período, a formação orientada por Luiz Hernandez entrou transfigurada e logo nos primeiros instantes chegou a empatar o jogo, mas os angolanos comandados pelo experiente Eduardo Mingas voltaram a tomar as rédeas do jogo. Neste período o Ferroviário da Beira marcou 11 pontos contra 20 do Recreativo de Libolo.

À entrada do quarto e último período as duas equipas estavam separadas por dez pontos no marcador, ou seja, 39 a 49 a favor da formação do Libolo. Com dez minutos para dar a volta ao marcador, o Ferroviário da Beira tentou sem sucesso, mais uma vez, o seu jogo exterior o que fez com a equipa cometesse muitos turn-overs que foram bem aproveitados pelo seu rival que nesta etapa marcou 24 pontos contra 13 dos locomotivas e fixou o resultado final em 63 a 52.

Eduardo Mingas com 23 pontos e 10 ressaltos foi melhor em campo e da formação angolana, enquanto Tyshawn Patterson com 22 pontos e três ressaltos foi o melhor da turma moçambicana.

Ainda nesta jornada, o Ferroviário de Maputo perdeu diante do campeão angolano, 1º de Agosto pela marca 74 a 51, numa partida em que o base-armador dos locomotivas, Hermelindo Novela, foi o melhor marcador com 19 ponto.

Moçambicanas também derrotadas

No que aos femininos diz respeito, prova que será disputada por três equipas, duas angolanas e uma moçambicana, face a desistências das equipas da África do Sul e Botswana, o Ferroviário de Maputo perdeu diante do Inter clube de Luanda por seis pontos de diferença, ou seja, pela marca de 56 a 50.

Destaque vai para Anabela Cossa, extremo que neste defeso transferiu da extinta Liga Muçulmana para os locomotivas, que marcou 16 pontos e contabilizou seis ressaltos, dos quais quatro defensivos e dois ofensivos.

Resultados da 1ª jornada:

Masculinos

Ferroviário da Beira 53 – 63 Recreativo de Libolo

Ferroviário de Maputo 51 – 74 1º de Agosto

Femininos

Ferroviário de Maputo 50 – 56 Inter Clube de Luanda

Próxima jornada (segunda-feira 10):

Masculinos

Ferroviário da Beira X 1º de Agosto

Ferroviário de Maputo X Recreativo de Libolo

Femininos

Ferroviário de Maputo X 1º de Agosto

Apuram-se para a fase final da Taça dos Clubes Campeões Africanos as duas equipas primeiras classificadas.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!