Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Linha de transporte de energia Tete/Maputo avaliada em USD 2,5 biliões

Apartir de Março de 2011, uma ofensiva governamental deverá ser desencadeada junto de potenciais investidores indianos com vista a assegurar o financiamento de 2,5 biliões de dólares para o projecto de construção da linha interna de transporte de energia eléctrica de Tete à cidade do Maputo, a ser alternativa à actual que sai de Songo à África do Sul e depois para Maputo.

O Banco Mundial (BIRD) e vários outros parceiros externos figuram no rol de potenciais financiadores do projecto, segundo Lourenço Sambo, director do Centro de Promoção de Investimentos (CPI), aludindo que a supracitada ofensiva governamental deverá ser desencadeada pelo Primeiro-Ministro, Aires Ali, durante o conclave que, de 26 a 29 de Março de 2011, irá reunir governantes e empresários africanos e da Índia, em Nova Deli.

Sambo indicou ainda sobre a linha que a mesma vai “estimular a implantação de novos empreendimentos socioeconómicos em todo o país, como são os casos dos projectos de construção das barragens de Mpanda Nkua, Cahora Bassa- Norte e da Central Térmica de Moatize”.

Durante a visita à Índia, Aires Ali será acompanhado por uma comitiva empresarial moçambicana que naquele país irá procurar maior alargamento de parcerias e exploração de novas oportunidades de investimento. Refira-se que os encontros entre Índia e países africanos realizam-se anualmente, desde 2005, e visam incentivar mais investimentos nas duas regiões.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!