Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Liga Zon Sagres: Jackson Martinez falha penalty, mas dá vitória ao FC Porto; Sporting derrotado pelo Estoril

O FC Porto bateu em casa o Rio Ave por 2-1 e voltou a isolar-se provisoriamente no comando da Liga. Jackson Martinez falhou um penalty, mas acabou por bisar e dar a vitória à sua equipa. O Estoril subiu provisoriamente ao sexto lugar da Liga ao bater em casa o Sporting por 3-1, numa partida em que van Wolfswinkel marcou e falhou uma grande penalidade.

Sem os castigados Mangala e Alex Sandro, o FC Porto entrou sem grande fulgor e pouco perigo causou na parte inicial da primeira metade. Pouco depois da meia hora, o russo Izmaylov foi pisado na grande área vila-condense por Filipe Augusto, no entanto, na marcação da grande penalidade, o avançado colombiano tentou um remate à Panenka, que Oblak defendeu com facilidade.

Quase na resposta, o Rio Ave chegou ao golo numa arrancada de Braga, que ultrapassou Maicon e marcou à saída de Helton. No entanto, ainda antes do apito para o intervalo, o estreante Quiñones rematou na grande área, com a bola a bater na mão da Marcelo, o que resultou em novo penalti a favor dos portistas. Desta feita, Jackson Martinez não falhou, muito embora, o guardião Oblak ainda tenha tocado no esférico antes desta entrar na baliza dos vila-condenses.

No segundo tempo, o FC Porto, já com James Rodriguez e depois com Defour em campo, parecia não melhorar muito em relação à produção da primeira parte. Apesar disto, a equipa orientada por Vítor pereira acabou por chegar ao golo da vitória ao minuto 77, num passe de James para o compatriota Jackson Martinez, com o colombiano a fazer o 2-1, que se manteria até final.

Estoril vence Sporting e sobe ao sexto lugar

A equipa forasteira, que entrou para este jogo em igualdade pontual com o seu adversário, entrou em grande velocidade e, logo aos dois minutos, poderia ter marcado pelo jovem Bruma. O golo acabaria por surgir aos cinco minutos num remate de van Wolfswinkel a passe de Bruma, um golo que antevia que o Sporting poderia obter um bom resultado.

Contudo, após o reatamento do encontro, que esteve interrompido cerca de 15 minutos, o Estoril começou a ser mais perigoso e acabou por chegar ao empatar aos 33 minutos, num excelente remate de Jefferson após um canto. Sete minutos depois, a equipa da casa conseguiria mesmo dar a volta ao resultado, numa conversão de uma grande penalidade por Steven Vitória, após falta de Rui Patrício na grande área leonina.

No segundo tempo, o Sporting voltou a estar melhor, mas Zezinho, aos 53 minutos, e Diego Rubio, aos 70, numa jogada que acabou por ser mal anulada por fora de jogo, a não conseguirem bater Vagner. A um quarto de hora do final, André Carrillo foi “atropelado” por Manu na grande área estorilista, mas na marcação da respetiva grande penalidade, van Wolfswinkel falhou, permitindo a defesa do guardião do Estoril.

Na resposta, de livre direto, Carlos Eduardo ampliou a vantagem do Estoril que poderia ter mesmo chegado ao 4-1 antes do final da partida, mas Gerso viu o “chapéu” que fez a Rui patrício acabar na barra da baliza do Sporting.

Com este resultado, o Estoril passou a somar 25 pontos, os mesmo que o Marítimo, que está na sexta posição, ao passo que o Sporting, com 22 pontos, pode acabar a ronda na 12º lugar.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!