Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Liga Portuguesa: Benfica e Sporting sofrem mas vencem

O Benfica ganhou esta sexta-feira ao Feirense, por 1 a 0, no jogo de abertura da 10ª jornada da Liga Portuguesa de futebol, graças a um golo madrugador de Jonas. Mais tarde, também pela margem mínima, o Sporting venceu o Rio Ave.

Na recepção ao Feirense a equipa encarnada entrou com vontade de resolver o jogo cedo. E, depois de marcar, por Jonas, na recarga a um remate de Salvio (11′), pouco mais fez: bastou-lhe controlar a partida, a meio-campo, para somar a segunda vitória consecutiva na Liga e aproximar-se (a título provisório, pelo menos) dos rivais FC Porto e Sporting.

Chegou um golo solitário (o 12.º do avançado brasileiro em 10 jornadas) para o emblema da águia somar uma vitória sem chama.

O Feirense, que só a partir do minuto 20 se conseguiu libertar do último terço do terreno de jogo, conseguiu manter o resultado em aberto até ao fim, mas só de longe ameaçou a baliza encarnada.

Com o triunfo, o emblema encarnado, 3º na Liga, passa a somar 23 pontos. Já o Feirense, 9º, continua com 11.

Sporting vence e pressiona FC Porto

Em Alvalade, a primeira parte, com Podence a manter a titularidade, o Sporting não esteve bem. Nunca controlou a partida e o Rio Ave, com o seu futebol rendilhado, ia conseguindo fazer mossa na defesa leonina.

As coisas ficaram mais complicadas para os visitantes quando Mathieu teve de sair devido a lesão. Percebia-se que os futebolistas do Rio Ave tinham ordens para rematar e Rúben Ribeiro e João Novais levaram isso à letra.

No segundo tempo Jorge Jesus rectificou, tirou Podence e colocou Battaglia para tentar controlar melhor a partida. E no reatamento Bas Dost chegou ligeiramente atrasado a um centro de Bruno Fernandes, mas logo a seguir Barreto fez Rui Patrício brilhar mais uma vez.

As emoções estavam ao rubro mas ainda iam estar mais. Primeiro quando Jorge Sousa anulou aos 71′, e bem, o golo do Sporting apontado por Bruno Fernandes, assistido por Bas Dost. O médio estava mesmo fora de jogo.

Depois, Jesus lança Doumbia, Nuno Santos remata para defesa apertada de Patrício, Guedes na recarga falha um golo fácil, fácil. Na reposição, Battaglia tem uma incursão pela esquerda, cruza e Bas Dost, à matador, desfaz o nó.

O Sporting é líder e pressiona o FC Porto que este sábado precisa de ganhar no Bessa para retomar a liderança do campeonato.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!