Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Liga dos Campeões Europeus: PSG atropela Olympiacos; Benfica vence Anderlecht

O Paris Saint-Germain estreou-se com vitória na Liga dos Campeões da Europa de futebol, ao vencer o Olympiacos fora de casa por 4 a 1, pela primeira jornada do grupo C da competição.

Com o resultado, o clube francês assumiu a liderança do grupo C com três pontos e três golos. O Benfica, que bateu o Anderlecht por 2 a 0, está na segunda colocação devido ao saldo de golos inferior.

A equipa grega começou o jogo a pressionar, logo no primeiro minutos, o eslovaco Vladimir Weiss soltou uma bomba no travessão de Sirigu e quase abriu o placar do jogo. O médio, que passou pelo Manchester City ainda assustou aos 11 minutos, quando fez fila na defesa do PSG e deu leve toque à direita do guarda-redes do PSG.

Quatro minutos depois, de novo um jogador do Olympiacos acertou a trave. Desta vez o médio Fuster foi quem levou perigo. Como no futebol existe a máxima “quem não faz leva”, aos 18 minutos, o Paris Saint-Germain adiantou-se no placar. Em jogada iniciada por Ibrahimovic, Maxwell acionou Cavani, que sem guarda-redes na balzia tocou para o fundo das redes, marcando 1 a 0.

O incansável Weiss foi buscar o empate aos 24 minutos da primeira etapa, com um golaço. O eslovaco recebeu nas costas Maxwell, deu drible desconcertante em Marquinhos, passou por Thiago Silva e bateu com categoria para superar Sirigu.

Aos 39 minutos do segundo tempo, um lance polémico aqueceu o jogo. Após cruzamento da direita, Ibrahimovic caiu na área e pediu penalti. O árbitro alemão Felix Brych ignorou os protestos e mandou o jogo seguir.

Ao contrário da etapa inicial, o segundo tempo começou muito frio, com o clube grego, mesmo em casa, mostrando-se acuado. Enquanto isso, o PSG tinha dificuldade para criar boas jogadas de ataque. O primeiro bom lance de ataque aconteceu apenas aos 19 minutos do segundo tempo. Em jogada que teve a participação de Lavezzi e Cavani, Van de Wiel recebeu na área e bateu forte para a defesa de Roberto.

Quatro minutos depois, enfim o PSG desempatou a partida. Após um pontapé de canto cobrado por Lavezzi, Thiago Motta antecipou-se ao guarda-redes Roberto e tocou de cabeça para o fundo das redes.

Passados mais cinco minutos de jogo, em lance praticamente idêntico ao do golo anterior, novamente o atacante argentino cruzou e o volante ítalo-brasileiro usou a cabeça para finalizar e marcar.

O placar poderia ter ficado ainda mais elástico, se aos 31 minutos da etapa final Cavani conseguisse marcar, depois de chute de longa distância que acabou defendido por Roberto. Chance ainda melhor teve Ibrahimovic, que aos 35 minutos da etapa final foi derrubado por Samaris na área. Na cobrança de penalti, o próprio sueco foi para cobrança, mas o guarda-redes espanhol apareceu bem de novo, fazendo a defesa. Ibra insistiu no ressalto, mas Roberto voltou a pegar.

O responsável por ampliar o placar, marcando o quarto gol do Paris Saint-Germain foi Marquinhos. Dessa vez Thiago Motta cobrou um pontapé de canto e o ex-defesa defesa do Corinthians subiu para cabecear com precisão em direção a baliza fechando o placar em 4 a 1.

Em Lisboa, o sérvio Djuricic e o defesa Luisão – que fez o primeiro golo de um brasileiro na fase de grupos da competição -, marcaram no primeiro tempo e garantiram a vitória do Benfica sobre o Anderlecht por 2 a 0.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!