Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Liga dos Campeões Europeus: com golaço de Marcelo Real bate Schalke

Na volta à Veltins-Arena, onde no ano passado iniciou a campanha de mata-mata que culminou com o seu décimo título continental com uma goleada por 6 a 1, o Real Madrid voltou a vencer o Schalke 04 nesta quarta-feira, desta vez por 2 a 0, com direito a golaço de Marcelo e a estreia de Lucas Silva como titular na Liga dos Campeões Europeus em futebol.

O anfitrião era o Schalke, mas quem se sentia em casa era o Real, que trocava passes com paciência. A equipa alemã apostava em lançamentos infrutíferos para Huntelaar, mas incomodava pouco. Numa das saídas mais rápidas, porém, Höger foi derrubado por Lucas Silva próximo à área, aos 13 minutos. A chance na falta era boa, mas Aogo acertou a barreira. Também de fora, Lucas Silva tentou aos 17, mas isolou.

Höger e Aogo protagonizaram mais uma lance de ataque para o Schalke aos 19, quando lançou o ala, que, mesmo com espaço, chutou por cima da baliza.

O Schalke começou a soltar-se, mas o Real ainda tinha mais a bola e conseguiu abrir o placar aos 26 minutos. Carvajal foi ao fundo pela direita, voltou e cruzou de pé esquerdo. Cristiano Ronaldo se antecipou ao jovem guarda-redes Wellenreuther, de 19 anos, completou de cabeça e quebrou um jejum de três partidas sem balançar as redes.

O segundo poderia ter acontecido quatro minutos depois, mas Wellenreuther recuperou-se a tempo. Benzema recebeu de Kroos e bateu forte. O arqueiro alemão teve dificuldades, mas ficou com a bola defendendo em dois tempos.

Aos 34, ele mostrou mais segurança e foi bem em cobrança de infração de Cristiano Ronaldo. Discreto na partida até então, Bale apareceu bem pela direita, deixando três marcadores na saudade, e acionou Cristiano na área, aos 41 minutos. O português dividiu e não conseguiu concluir.

A segunda etapa começou com lances de efeito, mas pouco perigo para os guarda-redes. Aos quatro minutos, Höger deu uma caneta em Kroos, mas o cruzamento de Aogo parou em Casillas. Três minutos depois, uma bonita linha de passes do Real parou em corte da zaga antes de Benzema chutar.

O jogo era morno, e Boateng tentou esquentar as coisas com uma finalização de primeira no alto, aos 18 minutos. A tentativa foi bonita, mas a execução, não. O Real respondeu com uma tabela com direito a toque de letra de Bale para Isco, que, contudo, arrematou por cima do alvo, aos 26.

O atual campeão já não segurava a bola no ataque como antes, e o Schalke foi ganhando campo até ficar a centímetros do empate. Aos 29, Uchida apareceu como elemento surpresa, percebeu a chegada de Platte e ajeitou. O atacante caprichou no arremate, mas acertou o travessão.

No momento em que os ‘Azuis Reais’ cresciam na partida, Marcelo tirou a equipa visitante do sufoco com um golaço, aos 34 minutos. O lateral recebeu de Cristiano Ronaldo perto do bico da área e, de pé direito, acertou o ângulo.

A vitória deixa o atual campeão Europeu em situação tranquila para confirmar a classificação no próximo dia 10, em casa, no estádio Santiago Bernabéu. Para avançar, o Schalke precisará vencer por dois golos de diferença, desde que marque pelo menos três, ou por uma vantagem ainda maior.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!