Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Liga dos Campeões Europeus: Bayern de Munique atropela Barcelona

O Bayern Munique deu nesta Terça-feira (23) um passo de gigante rumo à final da Liga dos Campeões Europeus de futebol, ao receber e golear o Barcelona por 4-0, em jogo da primeira mão das meias-finais.

Muito aquém do jogo “luxuoso” e convincente dos últimos anos, os catalães têm pela frente, graças à goleada sofrida, uma tarefa muito difícil para o jogo da segunda mão, dia 01 de maio, em Camp Nou, frente aos futuros comandados de Pep Guardiola, treinador que esteve à frente dos catalães nos últimos anos, antes de ceder o comando a Tito Vilanova.

Thomas Muller, com dois golos, foi o homem da noite, numa partida em que Messi, que parece mal recuperado de uma lesão muscular, praticamente nem se mostrou.

As duas equipas tentaram, desde o apito inicial, dominar a intermediária, mas acabaram por ser os alemães que tiraram melhor partido da pressão colocada em campo, tendo pertencido ao Bayern, logo aos dois minutos, a primeira grande oportunidade de golo, quando o holandês Robben obrigou Valdez a defesa apertada.

Aos 25 minutos, o mesmo Robben cruzou para o coração da área, onde Dante foi superior a Dani Alves “no espaço aéreo” e serviu Muller, que cabeceou com sucesso, junto ao poste direito.

A equipa da casa manteve o seu pendor ofensivo, ao contrário do Barcelona, que sentia muita dificuldade para impor o seu típico jogo de posse de bola, notando-se logo que Messi, apesar de muito marcado, estava bem abaixo das suas capacidades normais.

Ainda mal tinha começado o segundo tempo (49 minutos) e já os alemães marcavam o segundo tento, por intermédio de Mario Gómez, que desviou com sucesso para a baliza, após passe de Muller, que saltou melhor que todos os adversários, acorrendo de cabeça a um canto apontado por Robben.

Longe das suas exibições categóricas, a equipa de Vilanova deixou-se manietar pela qualidade e velocidade de Muller, Robben e Ribéry, que foram criando mais oportunidades de golo, face à apatia catalã. O Bayern chegou ao terceiro golo, aos 73 minutos, após boa iniciativa de Robben, que entrou pela direita da área e rematou à saída de Valdez.

Refira-se que Tito Vilanova não mexeu na equipa até ao terceiro golo, apesar das falhas de marcação e da “engrenagem enferrujada” no ataque. Pelo que não admirou o quarto golo alemão, marcado por Muller, aos 82 minutos, após jogada de contra-ataque.

Os catalães recebem os alemães a 01 de maio no Camp Nou, em Barcelona, para o jogo da segunda mão das meias-finais da prova.

Borússia de Dortmund e Real Madrid defrontam-se nesta quarta-feira (24) a partir da 20h45, no outro confronto das meias-finais da Liga dos Campeões europeus de futebol.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!